Histórico de confrontos entre Bahia e Vasco aponta grande equilíbrio

Foto: Felipe Oliveira / ECB

Bahia e Vasco voltam a se enfrentar em 2018, agora pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, na segunda-feira (16), às 20h, em São Januário. O histórico geral de confrontos aponta grande equilíbrio, desde a primeira partida, realizada em 1936. Em 1959, as equipes se enfrentam pela semifinal da Taça Brasil numa melhor de três. Na ocasião, o Tricolor venceu o primeiro duelo daquele mata-mata, perdeu o segundo e ganhou o terceiro e decisivo na Fonte Nova por 1 a 0. O gol foi marcado pelo centroavante Léo Briglia.

De lá para cá, Bahia e Vasco protagonizaram duelos marcados pelo equilíbrio e movendo multidões, no entanto, recentemente o Esquadrão tem levando à melhor e a vantagem nos confrontos – ainda que pequena – pertence ao Tricolor Baiano que tem 28 triunfos, contra 26 do Cruzmaltino, além de outros 18 empates, nos 72 jogos em toda a história. O Esquadrão marcou 103 gols e o time carioca, 98.

Falando apenas em Campeonatos Brasileiros, os dois times já duelaram 44 vezes, com 16 triunfos do Bahia, 11 do Vasco e 17 empates. Já pela Copa do Brasil, as equipes duelaram pela competição de 2003 e 2018, com dois triunfos para o Bahia e um para o Vasco. Pela Série B, foram quatro jogos, com dois triunfos para o Vasco e dois para o Tricolor.

A última partida foi em Salvador foi pelo Campeonato Brasileiro de 2018. O Esquadrão venceu por 3 a 0, com gols dos meias Régis e Zé Rafael e do atacante Élber. Um filme repetido do jogo anterior, pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, quando aplicou 3 a 0 no Vasco, também na Fonte Nova, com gols de Zé Rafael, Edigar Junio e Vinícius. Na época a equipe era treinada por Guto Ferreira e o Vasco por Zé Ricardo. Hoje, Enderson Moreira de um lado, e do outro Jorginho.



Bahia não terá o atacante Gilberto contra o Vasco pela Copa do Brasil

Deixe seu comentário