“Depois não vem lamber saco”, dispara meia do Bahia após confusão

Foto: Felipe Oliveira

O desembarque do Bahia na noite desta sexta-feira (20) foi bastante tumultuado e marcado por protestos, confusão e até troca de agressões entre jogadores e membros de torcida organizada do clube. Segundo informações da imprensa baiana, cerca de 20 integrantes da Bamor foram fazer cobranças após o empate contra a Chapecoense. O clima esquentou e policiais militares tiveram que intervir, mas não conseguiram evitar agressões. Os jovens Everson e Junior Brumado foram alguns dos agredidos.

Após a confusão no aeroporto de Salvador, o meia Zé Rafael utilizou sua conta na rede social para comentar o ocorrido. O jogador revelou que o carro do zagueiro Everson que estava com sua família foi perseguido. O defensor e o atacante Júnior Brumado foram os principais envolvidos no acontecimento. Veja abaixo:



“Por que você não coloca aí que os caras tentaram agredir o Everson e até perseguiram o carro dele com a família dentro, como aconteceu? Se liga, somos seres humanos e não robôs, erramos e falhamos, mas não estamos de sacanagem com ninguém, até porque não seríamos burros o suficiente pra querer trazer problemas para nós mesmos!”, escreveu o jogador.

Fica tranquilo. A minha parte, a nossa, eu sei que vai passar! Agora depois que essa fase passar não vem lamber saco e postar fotinho (sic) dizendo que ama o Bahia não pela saco!” disparou para um torcedor.

Veja o vídeo da confusão entre membros de organizada e jogadores do Bahia

Deixe seu comentário