Veja o vídeo da confusão entre membros de organizada e jogadores do Bahia

O desembarque da delegação do Bahia na noite desta sexta-feira (20) pegou fogo e foi marcado por protestos, confusão e até socos entre jogadores e membros de torcida organizada do clube. Segundo informações da imprensa baiana, cerca de 20 integrantes da Bamor foram fazer cobranças após o empate contra a Chapecoense. O clima esquentou e policiais militares tiveram que intervir, mas não conseguiram evitar agressões. Os jovens Everson e Junior Brumado foram alguns dos agredidos.

O presidente Guilherme Bellintani foi o primeiro a passar pelo saguão e foi confrontado pelos torcedores. Após a conversa com o presidente, o diretor de futebol, Diego Cerri, também ouviu questionamentos. Neste momento, os atletas se aproximaram do saguão de saída e perceberam a presença da torcida. Com a indecisão de passar ou não pelo local, alguns torcedores elevaram o tom.

Nilton e Gilberto tentaram conversar com os torcedores e conter os ânimos. O atacante chegou a propor a ida do grupo para uma sala para que pudessem conversar calmamente e sem a presença da imprensa. Neste momento, Everson e Junior Brumado foram questionados e responderam a provocação. Após trocas de insultos, um torcedor tentou agredir o zagueiro, que desferiu um soco de revide que não atingiu o torcedor. Foi o estopim para a confusão piorar. A PM precisou agir com veemência e, na troca de empurrões e socos, os dois jogadores teriam sido atingidos pelos torcedores. Destacou o site Globoesporte.

Veja o vídeo da confusão abaixo:



Deixe seu comentário