Polícia da Rússia aguarda queixa para extraditar brasileiros vagabundos

PM Eduardo Nunes é o 2ª identificado

Finalmente as indignações do vídeo completamente sem sentido, produzido, protagonizado e divulgado por VAGABUNDOS supostos torcedores brasileiros contra uma cidadã russa no último sábado em Moscou, ganha a repercussão merecida e agora falta à devida punição após a identificação de todos eles.

Um já era sabido e conhecido: trata-se do advogado Diego Valença Jatobá, pernambucano do Recife, que foi secretário de Turismo de Ipojuca. O segundo identificado é o tenente da Policia Militar de Santa Catarina Eduardo Nunes, que serve em Lages (SC).

A informação da identificação é da própria Polícia Militar de Santa Catarina. Em nota, o comando da PM catarinense diz que “abrirá um processo administrativo-disciplinar para apurar a conduta irregular do militar” tão logo o policial volte da viagem à Rússia.



“A corporação não corrobora com este tipo de atitude, que é incompatível com a profissão e o decoro da classe, previsto no Regulamento Disciplinar e no Estatuto da PMSC, independentemente de estar em período de férias, folga de serviço ou qualquer outra situação de afastamento, devendo, portanto, responder por suas atitudes”, diz o comunicado da polícia.

A policia da Rússia, apenas aguarda queixa da jovem, caso ela a faça, eles serão presos e extraditados.

 

Veja o vídeo com áudio abaixo

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*