Lateral explica saída e agradece o Bahia por “ter jogado com essa camisa enorme”

A notícia da saída de João Pedro na véspera do jogo contra o Grêmio pegou todos de surpresa, mas era algo esperado, apenas foi antecipado. O jovem de 21 anos, que pertencia ao Palmeiras, era bem visto no futebol europeu e já havia recebido sondagens muito antes de desembarcar em Salvador para vestir a camisa tricolor por empréstimo até o final do ano. Em 2018, o atleta jogou 16 jogos pelo tricolor e foi campeão baiano.

Agora jogador do Porto, de Portugal, que pagou 17,5 milhões para contratá-lo junto ao Palmeiras, João Pedro foi à Arena Fonte Nova no último domingo na partida contra o Grêmio. Ele se despediu dos companheiros e amigos que fez no Bahia e falou ao repórter Nilson Luiz sobre a saída rápida. Jogar na Europa é um sonho, revelou o atleta que também agradeceu ao Bahia pela participação e oportunidade de vestir essa camisa enorme.

Veja abaixo:



“Futebol é bem complexo. As coisas acontecem da noite pro dia. Eu tive a proposta na semana passada, viajei lá para fazer os exames, e deu tudo certo. Então não tem muito como explicar, eles estavam vendo os jogos aqui, acompanhando, e foi aí que aconteceu a proposta […] O crescimento no futebol na carreira, não só financeiramente. Na carreira toda, sempre foi um sonho joga na Europa. Então eu fico muito feliz com a oportunidade, e agradeço também à participação que eu tive aqui no Bahia, de ter jogado com essa camisa enorme. Então fico muito feliz”, disse ao repórter Nilson Luiz, da Rádio Itapoan FM.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*