Lateral explica saída e agradece o Bahia por “ter jogado com essa camisa enorme”

A notícia da saída de João Pedro na véspera do jogo contra o Grêmio pegou todos de surpresa, mas era algo esperado, apenas foi antecipado. O jovem de 21 anos, que pertencia ao Palmeiras, era bem visto no futebol europeu e já havia recebido sondagens muito antes de desembarcar em Salvador para vestir a camisa tricolor por empréstimo até o final do ano. Em 2018, o atleta jogou 16 jogos pelo tricolor e foi campeão baiano.

Agora jogador do Porto, de Portugal, que pagou 17,5 milhões para contratá-lo junto ao Palmeiras, João Pedro foi à Arena Fonte Nova no último domingo na partida contra o Grêmio. Ele se despediu dos companheiros e amigos que fez no Bahia e falou ao repórter Nilson Luiz sobre a saída rápida. Jogar na Europa é um sonho, revelou o atleta que também agradeceu ao Bahia pela participação e oportunidade de vestir essa camisa enorme.

Veja abaixo:



“Futebol é bem complexo. As coisas acontecem da noite pro dia. Eu tive a proposta na semana passada, viajei lá para fazer os exames, e deu tudo certo. Então não tem muito como explicar, eles estavam vendo os jogos aqui, acompanhando, e foi aí que aconteceu a proposta […] O crescimento no futebol na carreira, não só financeiramente. Na carreira toda, sempre foi um sonho joga na Europa. Então eu fico muito feliz com a oportunidade, e agradeço também à participação que eu tive aqui no Bahia, de ter jogado com essa camisa enorme. Então fico muito feliz”, disse ao repórter Nilson Luiz, da Rádio Itapoan FM.

Deixe seu comentário