Enderson é uma incógnita no Bahia, mas merece um voto de confiança

"Enderson pode ser aquele a nos dar a alegria de ver o Bahia dos sonhos"

“Os cães ladram e a caravana passa”

Todos aqui no Futebol Bahiano têm o direito de expressarem suas impressões, suas opiniões, desde que respeitem as dos demais. Discordar de A ou B, é um elementar exercício do livre pensar, é exercer o direito natural e sagrado de se manifestar e dizer o que pensa, é fundamental em um vero Estado Democrático de Direito, apesar do Estado de Exceção, em voga.

Este princípio constitucional é tão importante quanto o respeito àqueles que venhamos discordar, tanto é que a Declaração dos Direitos Humanos, o institui e nossa Carta Magna, recepcionou-o ao estabelecê-lo no seu artigo 5º, inciso IV – “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato”.

Este é proporcional a ofensa, ao direito de resposta, e o que assevera, o inciso subsequente: V – é assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da indenização por dano material, moral ou à imagem”. O que infere que as pessoas agravadas por ofensas, em razão de comentários desairosos a sua pessoa, pode e deve provocar o poder judiciário, para devidas providências.

Não estranhe, não! Mas por aqui, tem certo estranho ao nosso meio, que tem o prazer mórbido e sarcástico de ofender as pessoas, com as quais, sem argumentos, acéfalo de ideias e ideias, parte para ofensa pessoal, ao estilo dos fascistas, este energúmeno: apresenta-se provavelmente com o nome apócrifo, típico dos marginais virtuais.

Fui ofendido por este ser desprezível e digno de pena, por mais de uma vez, até mesmo minha esposa sofreu a ofensa desse pusilânime. Logo, neste Blog, respeitado e acessado por milhares de torcedores, não só da Bahia e região, assim como de todo o Brasil e do mundo.

A internet torna o mundo mais perto de todo mundo. Com o escopo de entreter, trocar ideias, eliminar fronteiras, estreitar laços de amizade por todo o planeta. Não obstante, infelizmente têm os imundos morais, os babacas de vidas frustradas que utilizam para espargirem suas decepções pela vida, desalentada que vivem, destilam sandices e por fim apelam para o que eles mais sabem fazer, provocar, pessoa de bem, em sua honra, ofender a todos que discorda.

Já que suas ideias, são sem ideias! Partem para violência verbal! Desde que por aqui escrevo como diletante, graças aos responsáveis por este lídimo veículo do futebol baiano e região, jamais me dirigir a quem quer que seja com impropérios, com ofensa, sempre me expressei com civilidade e decência, em razão dos meus princípios morais, e a profissão que exerço.



Buscando a essência de um célebre aforismo, atribuído ao sábio filósofo do Iluminismo, Voltaire, que na verdade, o pensamento é da escritora inglesa Evelyn Beatrice Hall, o qual nos alerta: “Eu não concordo com uma palavra do que dizes, mas defenderei até a o último instante, seu direito de dizer”. Essa deve ser a tônica de quem respeita as opiniões adversas.

São os argumentos que devemos nos contrapor, e não as pessoas, estas devem ser respeitadas, embora, possa não aceitarmos suas opiniões, aceitemo-las como pessoas que merecem todo o nosso respeito. Desse modo, reitero ao Blog que filtre todo tipo de ofensa pessoal, se possível.

Após este desabafo, voltado ao campo da bola, e deixado o campo de concentração bélico. Espero que o novo técnico, apesar de não corresponder aos requisitos, elencados pelo Presidente do Bahia, creio que devemos dar um crédito, um voto de confiança ao mesmo, pois não podemos nem devemos subestimar as pessoas. Tite e os demais técnicos, já de qualidade comprovada, antes de serem o que são, passaram por estágios, semelhantes em suas vidas profissionais, e foram as experiências vividas, que fizeram deles o que são.

Assim sendo, desejo como sócio-torcedor, que o mesmo, possa ser no Bahia, o técnico que tanto estamos precisando, e agora sim possa preencher os requisitos, elencados pelo Presidente do Bahia, que por hora não os têm.

Por hora Enderson, assim como foi o Guto, é apenas uma incógnita, este nada provou, aquele quem sabe: Conquistando a Copa do Nordeste, quiçá a Copa do Brasil e tendo uma colocação acima da que tivemos no ano passado no Brasileirão, possa ser de fato o técnico vencedor, aglutinador e consagrado que o presidente nos prometeu!

O certo é que o Enderson Moreira, não é deveras o técnico alardeado pelo Presidente do Bahia, não é nenhuma “Brastite”, mas pode ser aquele que irá lavar nossas almas e enxágua-las na alegria de ver um Bahia dos nossos sonhos, encarando quem quer seja, de igual para igual, jogando sem medo, de ganhar, seja aqui ou acolá!

Por último, parabenizo o “Jorge Machado, torcedor do Bahia, amigo e colaborador do Futebol Baiano”, por mais um comentário que engradece e suscita em todos nós, opiniões respeitosas, críticas construtivas e amigas, como sempre foi por aqui. É por aí, caro amigo. No mais, como diz um adágio popular: “Os cães ladram e a caravana passa”!

Lázaro Sampaio, de Gurupi-TO, torcedor do Bahia, amigo e colaborador do Futebol Bahiano.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*