Balanço Geral: No Nordeste, Bahia atrás de Fortaleza e do ABC

Foto: Felipe Oliveira / ECB

Recesso para a Copa do Mundo e neste período o Esporte Clube Bahia repousa na zona de rebaixamento ao tempo que “PASSA O OLHO” no mercado naquela lerdeza tradicional consultando os classificados em busca de um técnico para ocupar o cargo demitido Guto Ferreira. Futebol para o Bahia agora somente no dia 21 de Junho quando enfrenta o Ceará pelas semifinais da Copa do Nordeste, em duelo que envolve dois clubes inseridos dentro da zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série A, aquele que de FATO liberta e salva, além de ser bom para a saúde moral do torcedor e financeira do clube.

Nesta sexta-feira, através do seu site oficial o clube fez um balanço do ano 2018. Aponta resultados, percentuais, jogos em casa em um balanço de 19 jogos, sete empates e 10 derrotas, sendo todas 5 partidas realizadas pelo brasileiro sem marcar um único tento na casa dos outros.

Veja



Ao conquistar 12 pontos antes desta parada, mesma pontuação do Brasileirão de 2017, o Tricolor de Aço encerra este período pré-Copa com apenas 33,3% de aproveitamento. Edigar Junio e Régis, cada um com 2 gols, são os dois artilheiros do Esquadrão na competição nacional.

Até então, o Bahia obteve cerca de 59% de aproveitamento na temporada (19 triunfos, 7 empates e 10 derrotas). Foram 57 gols marcados, 45 deles dentro de casa, e 31 tentos sofridos. O meia Vinicius, além de ser o maior garçom do elenco (9 passes diretos para gol), é também um dos líderes do ranking de artilharia ao lado de Zé Rafael, com 9 gols cada um.

O camisa 29, inclusive, é o único jogador que entra pendurado para os dois jogos das semifinais do Nordestão.

O Tricolor, com o triunfo sobre o Corinthians na Fonte Nova, atingiu 73,3% de aproveitamento em partidas como mandante em 2018. Foram 13 resultados positivos, 5 empates e somente duas derrotas.

Já como visitante, com rendimento de apenas 41,3%, são seis triunfos, oito resultados negativos e apenas dois empates.

Utilização do elenco
O meia Zé Rafael é o jogador que mais defendeu as cores do Bahia nesta temporada. Dos 36 jogos oficiais, o camisa 10 esteve em campo 34 vezes, sendo utilizado no decorrer da partida em apenas duas ocasiões. Os outros atletas que mais atuaram em 2018 foram Vinicius (31), Douglas (30) e Elton. Élber, Léo, Lucas Fonseca e Gregore aparecerem logo depois com 28 participações.

Rendimento no ano

Em números, dentro da temporada do futebol brasileiro em 2018, o Esporte Clube Bahia aparece na 13ª posição com 59,2% de aproveitamento. Na região Nordeste este número representa o terceiro lugar, atrás de Fortaleza (71%) e ABC (72%). O líder do ranking nacional é o Operário, do Paraná, com 20 triunfos em 26 partidas realizadas no ano (82%). O Flamengo é o time de Série A melhor posicionado, na quarta posição, com 69,5%.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*