Desconfigurado e pressionado, Bahia enfrenta o Vasco na Copa do Brasil

Desconfigurado e pressionado: Desta forma o Esporte Clube Bahia fará sua estreia na Copa do Brasil nesta quarta-feira (9), às 21h45, diretamente nas oitavas de final da competição nacional, direito que garantiu por ter sido campeão da Copa do Nordeste. Será os primeiros 90 minutos dos 180 contra o Vasco que definirá quem avança para as quartas de final do torneio. A primeira batalha acontece na Arena Fonte Nova.

Certamente este jogo é o mais significativo da temporada até o momento pelas consequências financeiras, aliás, não aposto, mas sou capaz de acreditar que vencendo o Vasco e avançando de fase da Copa do Brasil, o clube deve ter uma arrecadação, senão semelhante, superior ao auferido em cinco ou ou sete Campeonatos Baianos quando o montante for somado. Além disso, é um jogo que com enorme atratividade e visibilidade, sobretudo, prestígio.

O adversário carioca vem de dois resultados aos EXTREMOS por competição diferente. Na Taça Libertadores foi goleado pelo Cruzeiro por 4 x 0, já pelo Campeonato Brasileiro três dias após, meteu 4 x 1 no bom time do América-MG. Porém, quem assistiu aos jogos notou que o time carioca, em quatro tempos dos jogos, considerando os dois duelos, somente jogou um bom no 2º tempo contra o América-MG onde foi arrasador.



Se o Vasco vem de oscilações e incertezas, o Bahia chega com bastante desconfiança e pressão da torcida depois de três jogos sem vencer e, pior, sem marcar gol. (Atlético-PR, Botafogo-PB e Sport-PE). Dois empates como mandante e uma derrota para um concorrente direto na luta perla permanência na elite do futebol nacional. Além do mais, o Esquadrão tem inúmeros desfalques, na sua maioria de jogadores importantes.

Independentemente, o Bahia tem mais time que o Vasco (que vive um momento turbulento apesar do ilusório 4×1 no América-MG) e o Tricolor Baiano carrega nas costas a obrigação de vencer este primeiro jogo, fazendo um resultado confortável e levando boa vantagem para o Rio de Janeiro em duelo que só acontecerá após a Copa do Mundo.

Para o confronto de hoje (9), o Bahia não terá os zagueiros Rodrigo Becão, Tiago e Douglas Grolli, além do meia-atacante Marco Antônio. O atacante Júnior Brumado será ausência, mas por defender o Brasil com a camisa da Seleção Brasileira sub-20. O lateral-direito Nino Paraíba é dúvida, por conta de uma amigdalite, mas provavelmente se torne mais uma ausêmcia.

Nova chance! Jobson, ex-Bahia, acerta com clube onde foi revelado

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*