Juazeirense disputará o campeonato mais difícil da sua história, diz Zaluar

Único clube baiano na Série C do Campeonato Brasileiro, a Juazeirense faz sua estreia neste sábado, às 18h30, contra o Confiança, no estádio Adauto Moraes. Na primeira fase serão 9 rodadas. Na segunda fase, os confrontos serão em cruzamento olímpico. O primeiro do Grupo A encara o quarto do Grupo B. O segundo enfrenta o terceiro e assim por diante. Os jogos serão sempre de mata-mata. Os quatros que chegaram às semifinais conquistarão o acesso à Série B.

O Cancão de Fogo integra o Grupo A ao lado de ABC-RN, Atlético-AC, Botafogo-PB, Remo, Confiança-SE, Globo-RN, Náutico, Santa Cruz e Salgueiro-PE.

Para o técnico Luiz Antônio Zaluar, a Série C será um teste de fogo para a Juazeirense e o campeonato mais difícil que o clube irá disputar em toda sua história. Segundo o treinador, o clube vem de bons campeonatos baianos, mas ainda não foi posto a prova em um torneio do nível da Série C.

“A Série C é o campeonato mais difícil que a Juazeirense vai enfrentar na sua história. Só na nossa chave, de 10 clubes quatro são campeões estaduais. Por isso a gente tem muita responsabilidade. A Juazeirense vem de bons campeonatos baianos, mas nesse nível de Série C o clube ainda não foi posto a prova. Nosso primeiro objetivo tem que ser os pontos necessários para a manutenção, que eu acredito em torno de 22 pontos. E depois partimos para o segundo objetivo que é buscar a classificação entre os quatro do grupo e depois o acesso” projeta Zaluar.

Com novidades! Veja os relacionados da Juazeirense para estreia na Série C

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*