Presidente do Bahia fala sobre Fazendão, Cidade Tricolor e finanças do clube

Hoje o Bahia destina 30% do orçamento para o pagamento de dívidas

O presidente do Esporte Clube Bahia, Guilherme Bellintani, foi o entrevistado desta sexta-feira na Rádio Metrópole, onde falou sobre diversos assuntos, em destaque a mudança para a Cidade Tricolor, centro de treinamentos construído pelo Bahia em Dias D´Ávila, e que finalmente começará a ser utilizado, porém, em 2019.

“O Fazendão não suporta isso tudo [de ser um centro de treinamento e um estádio] por questão de acessibilidade. A chegada lá é muito complicada. Para a Cidade Tricolor, estamos com um projeto de mudança para 2019. Vai ser um investimento voltado para a base do clube. Esse ano continuamos normalmente no Fazendão”, disse.

Segundo o mandatário, uma empresa de consultora foi contratada para projetar formas de captação de recursos para o Centro de Treinamento. Bellintani comentou ainda a situação financeira do clube. Atualmente, o Bahia destina 30% do orçamento para o pagamento de dívidas.

“De R$ 100 milhões, R$ 30 milhões por ano são só para pagar dívida. Os R$ 70 milhões são para o cotidiano do clube. As dividas federais do cube não acabam em menos 10 anos. Se a gente tiver responsabilidade na administração, conseguimos quitar isso”, finalizou.

Deixe seu comentário

1 Trackback / Pingback

  1. เงินด่วน

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*