Multa aplicada ao Vitória não tem qualquer sentido, diz advogado

O julgamento do BA-VI já acabou. Como esperado não deu absolutamente nada e o Campeonato segue daquele mar de margaridas como sempre. Os jogos seguem no próximo Domingo, agora com o convite e o alerta: PODE SOLTAR  A PORRADA.  PODE ABANDONAR o CAMPO que o Tribunal de Justiça Desportiva garante a lisura dos atos caso alguém desavisado venha questionar

Porém, antes disso, o advogado do Esporte Clube Vitória, Roberto Dantas em entrevista hoje pela manha ao jornal Correio da Bahia, faz um questionamento pertinente. Segundo ele, alguns dos atletas do Vitória foram absolvidos. Os membros da comissão técnica foram todos inocentados e consequentemente, o clube livre de qualquer culpa, e então, não teria sentido em aplicar a tal multa de R$ 100 mil, portanto, diante dos fatos, digamos, “contraditórios” o advogado do Leão  garante que vai recorrer e acredito que com boas chances de obter sucesso.

RECAPITULANDO:

O goleiro Fernando Miguel e o zagueiro Lucas Fonseca foram absolvidos. Assim como o técnico Vagner Mancini, o supervisor Mário Silva, o zagueiro Bruno Bispo, o atacante André Lima, o zagueiro Ramon, quinteto que foi acusado de forçar o encerramento da partida.
Pelo lado do Bahia, o zagueiro Rodrigo Becão e o volante Edson foram punidos com 8 jogos de suspensão. Enquanto o meia Vinícius, pela dancinha, pegou 2 jogos.

Pelo lado do Vitória, o zagueiro Kanu foi punido com 10 jogos, pela agressão e absolvido pela acusação de ameaça, enquanto Yago, Denilson e Rhayner pegaram 8 jogos.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*