Bahia perde e entristece a sua enorme torcida!

Mais uma página triste do Esporte Clube Bahia. Depois de liderar as duas primeiras fases, e ter a melhor campanha da Série C, o Tricolor perdeun para o ABC-RN, na tarde desta quarta-feira, por 2 a 1, no Estádio Frasqueirão, e agora não depende mais de si para se classificar para o octogonal final. Com o resultado o ABC garantiu classificação com uma rodada de antecedência.

Como tradicionalmente faz em seus domínios, o ABC começou pressionando o Bahia, e abriu o marcador no terceiro minuto de jogo. Numa boa jogada de Adelmo, a zaga do Bahia afastou mal e Wallysson bateu forte para vencer o goleiro Márcio.

A partida ficou nervosa, e o árbitro acabou expulsando o volante Fausto e o atacante Fábio Recife, que se desentenderam aos 9 minutos. Para piorar, Arturzinho teve que tirar o zagueiro Eduardo de campo, sentindo a coxa, para colocar Cléber Carioca.

A primeira grande chance Tricolor surgiu aos 19 minutos. Moré recebeu passe de Emerson Cris e bateu forte, para uma grande defesa do goleiro. No rebote, Emerson Cris chutou em cima do arqueiro alvinegro.

Novamente, como acontece tradicionalmente em seus domínios, o ABC caiu de produção na metade da primeira etapa, e levou um verdadeiro sufoco da equipe do Bahia. Aos 36′, cobrança de falta de Carlos Alberto na cabeça de Moré, que testou a bola para o fundo das redes do goleiro Raniere, empatando a partida no Frasqueirão.

No intervalo, Arturzinho esbanjava confiança numa vitória Tricolor fora de casa. “Eles precisam mais da vitória do que nós. Nosso time levou o gol muito cedo e se desestabilizou, mas conseguimos equilibrar a partida, e vamos tentar o segundo gol”, garantiu o treinador.

O equilíbrio marcou a segunda etapa da partida. Nos dez primeiros minutos, o Bahia dominou as ações do jogo, mas não criou boas oportunidades de gol. A partir daí, o ABC, empurrado pela sua fanática torcida, passou a sufocar o Bahia no campo de defesa.

Aos 18 minutos, o ABC assustou novamente a defesa Tricolor. Após cruzamento na área, Humberto não conseguiu cortar e Wallyson colcou a bola no travessão do goleiro Márcio.

A pressão continuava, e o time alvinegro chegou ao gol. Aos 32 minutos, o atacante Wallyson recebeu cruzamento na área e cabeceou com estilo, sem chances para Márcio Angonese, decretando a vitória do ABC.

Desespero total no Bahia, que agora precisa vencer o Fast Clube por 2 gols de diferença, no próximo domingo na Fonte Nova, e ainda torcer por um empate entre Rio Branco e ABC, ou uma vitória do time potiguar, no Acre.

ABC-RN 2×1 Bahia

Campeonato Brasileiro da Série C – 5ª rodada da terceira fase

Data: 03/10/2007 (quarta-feira), às 17h

Local: Estádio Frasqueirão, em Natal-RN

Árbitro: Antônio André Rodrigues de Souza (PE), auxiliado por José Pedro Wanderlei da Silva (PE) e Ubirajara Ferraz Jota (PE)

ABC: Raniere, Bruno Lourenço, Alan (Peu) e Fabiano; Dênis (Éder), Adelmo, Jean (Wellington), Juninho Petrolina e Rogerinho; Fábio Recife e Wallyson. Técnico: Ferdinando Teixeira

Bahia: Márcio, Carlos Alberto, Alison, Eduardo (Cléber Carioca) e Adilson; Humberto (Danilo Gomes), Fausto, Emerson Cris e Cléber; Moré e Charles (Amauri). Técnico Arturzinho

Da Redação FB – Elton Serra

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*