Atacante do Vitória destaca equilíbrio na briga pelo acesso na Série B

O atacante Osvaldo falou sobre o equilíbrio da Segundona, principalmente na briga pelo acesso.     

FOTO: Pietro Carpi/ECV

Antes mesmo de começar, o Campeonato Brasileiro da Série B de 2023 já prometia bastante equilíbrio, e assim deve ser até as últimas rodadas. Se a competição acabasse hoje, estariam na Série A Vila Nova, Criciúma, Sport e Vitória, mas ainda faltam 21 rodadas. O atacante Osvaldo falou sobre o equilíbrio da Segundona, principalmente na briga pelo acesso.

 

“Com certeza, Série B sempre muito equilibrada. Esse ano o sarrafo de pontuação tem sido muito alta. Pegando a Série A, estaríamos na vice-liderança e distantes do sexto colocado. Vai se decidir faltando entre cinco e dez rodadas, o importante é a gente estar no bolo e, faltando dez rodadas, dar o sprint final. Corrida que precisa ter tranquilidade, mental forte e, acima de tudo, grupo competitivo e qualificado, e é isso que vejo aqui no Vitória. Jogadores chegando que têm demonstrado que vão ajudar bastante. E espero que a gente possa brigar até o final, e o torcedor pode continuar acreditando que vamos conseguir esse acesso para carimbar com chave de ouro esse ano que começou difícil e vai terminar feliz”.

O jogador falou sobre a oscilação da equipe na competição. “Não são em todos os jogos que vamos dar uma resposta positiva tecnicamente. Oscilações vão acontecer. Tenho procurado sempre me cuidar, desempenhar meu papel nos treinamentos, no dia a dia. Como falei, lógico que tem desgaste físico, mental, isso também conta muito. Estou me sentindo bem. Não são em todos os jogos que vou chegar, fazer gol e dar assistência, vão ter jogos que não vou conseguir, mas nunca vou deixar de tentar e vou estar sempre lutando para melhorar cada vez mais”.

O atacante destacou a importância de ter vencido o último jogo e voltado ao G-4. “Quando você vem com a campanha de nove jogos mantendo liderança, de repente se vê fora do G-4, lógico que a cobrança é grande. Você jogar numa equipe como o Vitória, torcedor quer sempre ver o Vitória na ponta da tabela, brigando por liderança. Lógico que, quando não vem a vitória, confiança perde um pouco, mas não perdemos internamente que cada um é importante, todo mundo aqui acredita um no outro. Na comissão técnica, e vice-versa”.

Autor(a)

Fellipe Amaral

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário