Esquadrão em alta! Corneta também! Isso é Bahia! por Erick Cerqueira

Fala seus meninos criados na casa DaVó. Primeiramente, FELIZ DIA DOS PAIS a todos os papais TRICOLOROES e RUBRONEGROS dessa Bahia! E nesses tempos de tanta intolerância idiota é bom a gente separar rivais de inimigos. Felicidades para todos. Agora falemos de futebol, de Bahia na série b e da Torcida.

 

Tenho acompanhado nas redes sociais uma insatisfação com o time. E, sinceramente, analisando alguns dados, algumas críticas são bem injustas. 

A gente não pode criticar a atual situação do Bahia na competição nacional, trazendo pra hoje as frustrações do ontem. Mesmo que seja um ontem tão próximo, como foi o do primeiro semestre nefasto do Tricolor. O Bahia de hoje é digno de comemoração, festa na Fonte, Paredão no Viaduto e Kombi do Reggae. Vamos aos números. 

O time é o único que se manteve no G4 por todo o campeonato. Já foram 24 rodadas e, na pior das hipóteses, se perder tudo e der tudo errado, já tem garantido mais 3. Ou seja, numa competição de 38 rodadas, em 27 delas, o objetivo do Bahia está sendo alcançado.

O time ocupa, nesse momento, a segunda colocação e só pode ser ultrapassado pelo Grêmio. 

Possui o 4º melhor ataque da competição e a 3ª melhor defesa. A 2ª melhor campanha do Tricolor na Série B, nos pontos corridos. De acordo com a galera do ECBahia Números: “Seguimos acima da linha verde, que projeta a pontuação necessária para alcançar os 63 pontos que dão 99,8% de chance de acesso, segundo a UFMG.”

E aí, o tio aqui pergunta: então, por quê tanto descontentamento?

Eis que surgem algumas respostas: O time não vem empolgando. O time não tá goleando. Não tem grandes nomes. O elenco é ruim. O presidente contratou mal. O técnico é fraco, entregador de coletes. O time oscila muito.

Véi, na boa. Vem comigo. O time foi montado pra jogar a SÉRIE B e não pra disputar a Libertadores ou o Mundial em Abu Dabhi. 

“Ah, a Série B mais fraca de todos os tempos”. Todo ano que o Bahia joga a b, é essa história. Aliás, quando caiu ano passado também diziam: a Série A mais fácil de todos os tempos. Isso é desfazer da competição pra jogar culpa no time. 

A Série B, pra um time grande, é muito mais difícil que a Série A. Porque só existem 4 chances de sucesso, que é ficar no G4 no fim da competição. O resto é derrota. Na Série A as coisas são diferentes, apesar dos adversários serem mais difíceis, porque o time pode lutar pra ser Campeão, ou classificar pra Libertadores, ou lutar pela Sulamericana ou se agarrar nas últimas vagas que fogem da queda. Ou seja, de 20 clubes, 16 não se lascam.

Dito isso, o Bahia está muito bem! Porque, junto com os outros três grandes (em história, títulos, Torcida, estrutura física), disparou na competição e abriu 6 pontos sobre o pelotão intemediário.

“Ah, mas perdeu pra Chapecoense, Novorizontino, Ituano…” sim, e eu fiquei mais puto que muitos de vocês, até porque estava lá e ainda subi a Ladeira dos Galés andando, virado na porra. Mas isso, camaradas, faz parte de uma competição. O Cruzeiro, líder absoluto e melhor time do campeonato, perdeu 3 partidas também. C’est la vie.

Por isso proponho uma coisa a MAIOR TORCIDA DO NORTE-NORDESTE, que torce pro time que tem o segundo maior número de triunfos nesse campeonato: COMEMORE, PIVETE! Tudo indica que vai ter Xalaialaiá. Vamos Subir, Esquadrão!

Tá com raiva de Bellintani, xinga ele. Mas será que Igor Torres, com 2 jogos de titular e 1 gol, já pode ser considerado horroroso? Já tá na hora de esquecer que Rodallega é o artilheiro do ano e dispensar ele? Será que Enderson não tá deixando Davó pro segundo tempo pra usar a velocidade dele e modificar o panorama de alguns jogos, pegando as zagas mais cansadas? Reflitamos.

Longe de mim querer acabar com a cornetagem da Torcida, afinal a CORNETA está no início do HINO DO BAHIA. Mas são só algumas provocações pra gente pensar:

É, o time pode ser fraco. Mas é um dos 4 melhores da competição e é isso o que precisamos pra subir. Então vamos comemorar essa porra, apoiar como sempre, entender que é time de operários, sem craques, típico de série b e transformar o maluco do Jacaré em ídolo só pra sacanear nas arquibancadas. ISSO É BAHIA! E O BAHIA É O MUNDO!  BBMP.

Por Erick Cerqueira
segue lá no twitter pra gente trocar umas ideias

Deixe seu comentário

Autor(a)

13/08/2022 às 12h40

Erick Cerqueira

Resenheiro extra-oficial do Único TIME BI CAMPEÃO BRASILEIRO entre Minas Gerais e o pólo Norte. Publicitário, parcial, pai de Thor e apaixonado pelo meu Bahia! Contato: [email protected]

1 Trackback / Pingback

  1. Bahia de Feira empata com o São Bernardo e está eliminado da Série D

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*