Bahia pressiona, mas perde para o Vasco no Rio e cai para 3º na Série B

Na sequência da competição, o Esporte Clube Bahia enfrenta a Ponte Preta

Foto - Daniel Ramalho/Vasco

Vindo de uma classificação sofrida no meio da semana na Copa do Brasil diante do Azuriz na disputa por pênaltis, o Esporte Clube Bahia fez neste domingo um confronto direto diante do Vasco, de dois candidatos ao acesso no Campeonato Brasileiro da Série B 2022, portanto, um duelo valendo “6 pontos”. No entanto, apesar do maior volume nos 90 minutos, o Esquadrão de Aço não conseguiu aproveitar as oportunidades criadas e acabou perdendo para o Cruzmaltino pelo placar de 1 a 0, no Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, com gol marcado pelo atacante Figueiredo, aos 21 minutos do primeiro tempo.

 

Com o revés, o Bahia perde duas posições na rodada, sendo ultrapassado por Sport e Cruzeiro, e caindo para a 3ª colocação com 13 pontos. A Raposa assumiu a liderança, com 16 pontos ao vencer o Náutico no Estádio dos Aflitos, enquanto o Leão da Ilha fica na vice-liderança. Já o Vasco segue invicto na Série B e assume o 4º lugar, com 13 pontos, ficando atrás do Bahia apenas no critério do saldo de gols. Para se manter no G-4, o Cruzmaltino depende de um tropeço do Grêmio.

O Bahia começou melhor e em 20 minutos, já tinha finalizado seis vezes contra apenas uma do adversário. No entanto, não levou grande perigo, e aos 21 minutos, na primeira chegada do Vasco, Figueiredo marcou seu primeiro gol como profissional em cobrança de falta ensaiada. Nenê rolou para o lado, e jovem atacante soltou um foguete no meio do gol, Danilo Fernandes saltou, mas nem viu a cor da bola, gol parecido com o sofrido no empate contra o Azuriz no meio da semana. Depois do gol, o Tricolor conseguiu se organizar e criar algumas situações, mas passou longe de conseguir o empate.

No segundo tempo, o Bahia voltou na base da pressão, sufocando, e assim como no primeiro tempo, com mais posse de bola e finalizando mais, porém, faltou a eficiência do setor de ataque para conseguir furar o bloqueio vascaíno e trazer do Rio de Janeiro ao menos um pontinho. Na etapa final, a estratégia do Vasco foi jogar nos contra-ataques e cada ataque tricolor, o time carioca aproveitava para emplacar um contra-ataque buscando o segundo gol. Porém, até os minutos finais, teve que segurar a pressão do time baiano, que se instalou no campo de defesa do Vasco.

Na sequência da competição, o Esporte Clube Bahia enfrenta a Ponte Preta, na próxima sexta-feira (20), às 21h30, na Arena Fonte Nova. Já o Vasco visita o Guarani na quinta-feira (19), às 21h30, na Arena da Amazônia, na cidade de Manaus, capital do Amazonas. Os jogos são válidos pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

FICHA TÉCNICA
VASCO 1 X 0 BAHIA
BRASILEIRO DA SÉRIE B (7ª RODADA)

LOCAL: São Januário, no Rio de Janeiro
DATA E HORA: 15/05/2022 (domingo), 16h
ÁRBITRO: Raphael Claus (SP)
ASSISTENTES: Neuza Ines Back e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (ambos de SP)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

GOL: Figueiredo (Vasco)

VASCO
Thiago; Gabriel Dias (Weverton), Quintero, Anderson Conceição e Edimar; Yuri, Andrey (Juninho), Nenê (Palácios), Gabriel Pec e Figueiredo (Erick); Raniel (Getúlio). Técnico: Zé Ricardo.

BAHIA
Danilo Fernandes; Douglas Borel, Ignácio, Didi e Luiz Henrique (Djalma); Rezende, Patrick (Lucas Falcão) e Daniel; Marco Antônio (Jacaré), Rildo e Matheus Davó (Marcelo Ryan). Técnico: Guto Ferreira.

Deixe seu comentário!

1 Comentário

  1. O Bahia perdeu para ele mesmo. o goleiro do Vasco assistiu o jogo, graças aos atacantes ridículos do Bahia que não sabe dar um xute no gol. É muito atacante ruim num time só.
    Más não podemos deixar de ressaltar que o goleiro Danilo Fernandes, mais uma vez falhou no lance do gol, inclusive admitindo que não deveria ter falhado.
    Já está na hora de Cezar entrar no gol, pois não pode ficar olhando Danilo ficar falhando constantemente.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*