Bahia ‘amassa’ no 1º tempo, vence o Fluminense, deixa o Z4 e seca concorrentes

Na 38ª rodada rodada, o Esporte Clube Bahia enfrenta o Fortaleza, na Arena Castelão.

Após sofrer uma virada impressionante e trágica, sofrendo três gols no espaço de seis minutos, o Esporte Clube Bahia voltou a campo na tarde deste domingo, novamente na Arena Fonte Nova e contando com o apoio do seu torcedor, mas desta vez não decepcionou. Com uma grande atuação no primeiro tempo, o Esquadrão fez o dever de casa e venceu o Fluminense pelo placar de 2 a 0, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, com gois gols do artilheiro Gilberto, o segundo deles uma pintura encobrindo o goleiro Marcos Felipe.

 

Com o triunfo importantíssimo, o Bahia chegou aos 43 pontos, deixando a zona de rebaixamento e saltando para o 15º lugar, com 43 pontos, porém, nesta segunda-feira, o Esquadrão precisa torcer contra os concorrentes diretos. O Juventude (16º com 43) enfrenta o São Paulo no Estádio do Morumbi, enquanto o Cuiabá (17º com 43) encara o Fortaleza na Arena Pantanal. Para não voltar ao Z4 e chegar na última rodada dependendo apenas de si, o Tricolor precisa que Juventude ou Cuiabá seja derrotado.

No primeiro tempo, só deu Bahia que sufocou e não deixou o adversário jogar. Aos 9 minutos, o árbitro deixou passar um pênalti em que o defensor salta com os braços para cima e desvia a bola, porém, o VAR não chamou para revisão. Aos 15, Gilberto deixou de calcanhar para Rossi que obrigou Marcos Felipe a fazer grande defesa. O gol vinha amadurecendo e ele veio aos 35. Desta vez, o árbitro conseguiu enxergar o pênalti de Luccas Claro, que virou jogador de vôlei. Gilberto chamou a responsa e abriu o placar. O Flu seguiu acanhado e acuado, e aos 46, em vacilo da defesa, Gilberto saiu livre e mandou de cobertura, aumentando o placar com um golaço na Fonte Nova.

No segundo tempo, o Bahia recuou e o Fluminense voltou pressionando, e aos 7 minutos, quase marcou em chute fraco em que Danilo Fernandes dando um susto na torcida tricolor. Mas aos 17, em contra-ataque rápido, o Esquadrão quase chegou ao terceiro com Juninho Capixaba parando em grande defesa de Marcos Felipe. Aos 21 minutos, Rossi e Manoel se estranharam e foi expulsos. Depois disso, o jogo ficou nervoso, tenso, com faltas duras e cartão amarelo para todo lado. O time baiano apenas administrou o resultado e garantiu os 3 pontos essenciais na luta contra o rebaixamento.

Na 38ª rodada rodada, o Esporte Clube Bahia enfrenta o Fortaleza, na Arena Castelão. Todas as partidas da última rodada estão agendadas para quinta-feira (09), às 21h30. O Cuiabá encara o Santos, na Vila Belmiro, enquanto o Juventude duela com o Corinthians no Estádio Alfredo Jaconi. O Grêmio, por sua vez, tem como adversário o já campeão Atlético-MG, em Porto Alegre.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 2 X 0 FLUMINENSE
BRASILEIRO DA SÉRIE A (37ª RODADA)

LOCAL: Arena Fonte Nova, em Salvador
DATA E HORA: 05/12/2021 (domingo), 16h
ÁRBITRO: Luiz Flávio de Oliveira (FIFA-SP)
ASSISTENTES: Neuza Ines Back e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa     (ambos de SP)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

GOLS: Gilberto (2x) (Bahia)

BAHIA
Danilo Fernandes; Nino Paraíba, Conti, Luiz Otávio e Matheus Bahia (Renan Guedes); Patrick, Edson (Raniele) e Rodriguinho (Juninho Capixaba); Raí (Ronaldo), Rossi e Gilberto (Rodallega). Técnico: Guto Ferreira.

FLUMINENSE
Marcos Felipe; Samuel Xavier, Luccas Claro, Manoel e Danilo Barcelos; Wellington (Lucca), André (Martinelli) e Yago Felipe; Caio Paulista (Cazares), Luiz Henrique (Matheus Ferraz) e Fred (Bobadilla). Técnico: Marcão.

Bahia 2 x 0 Fluminense: Veja o gol e a pintura de Gilberto na Fonte Nova (futebolbahiano.org)

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: [email protected]

Deixe seu comentário