Técnico do próximo adversário do Bahia mostra-se preocupado com ausência de vitórias

O clube vem fazendo uma campanha segura seja atuando dentro de casa

Adversário do Bahia no próximo sábado, encerrando os jogos do simbólico primeiro turno do Campeonato Brasileiro, o Fortaleza já uma campanha simplesmente especular especialmente quando considerado que se trata de um clube da região do Nordeste sem o alcance financeiro quando confrontado com os tradicionais clubes do Rio de Janeiro e São Paulo. O clube vem fazendo uma campanha segura, seja atuando dentro de casa, onde ainda não perdeu e conquistando pontos importantes além do seu cercado. Não é por acaso ocupa a 3ª posição com 33 pontos, 15 pontos além do Bahia seu adversário da vez.

 

No entanto, apesar da boa campanha, o tricolor do Ceará ao empatar ontem à noite em 0 x 0 contra o Cuiabá, chegou ao seu quarto empate consecutivo, o terceiro seguido na Série A.

O técnico Juan Pablo Vojvoda mostra-se preocupado com a marca negativa e comentou sobre os confrontos anteriores e afirmou que analisará as partidas para ter uma conclusão.

“Preocupa não ganhar, sempre. Mas não é a preocupação em si, mas a ocupação para seguir trabalhando e ganhar os jogos. Na partida contra o Santos, falhamos no pênalti e o time fez uma boa partida. Na partida contra o Juventude, falhamos no pênalti também. Contra o Cuiabá no segundo tempo, jogamos muito tempo no campo adversário. Acredito que as análises dessas partidas você tem que fazer partida a partida, para ter uma análise ao final”, relatou o argentino.

O treinador também falou sobre a estreia do reforço Lucas Lima, emprestado pelo Palmeiras até o fim da temporada. O meia chegou nesta semana e entrou nos 45 minutos finais. O técnico argentino comentou sobre a utilização do novo atleta tricolor.

“Lucas Lima é um jogador ofensivo. Hoje (contra o Cuiabá) colocamos muitos atletas ofensivos dentro do campo. Todos os jogadores ofensivos que podíamos colocar em campo, estavam. Tinham três “camisas 9” (Robson, Wellington Paulista e Igor Torres) e estava Lucas Lima, que é um jogador ofensivo também. Particularmente acredito é um jogador que vai contribuir como todos os atletas do elenco contribuem”, afirmou o comandante do Leão.

Deixe seu comentário!

1 Comentário

  1. Relaxe… Vamos jogar com a maior camisa do norte e nordeste .. parabéns a sua gestão considerando claro que não temos…A nossa é FRACASSADA desde 2019 …

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*