Adversário do Bahia da 17ª rodada diminui as chances de rebaixamento

Quatro pontos atrás do Cuiabá (18°), o Grêmio tem dois jogos

Com apenas uma vitória em 12 jogos, o Grêmio, adversário do Bahia na 17ª rodada, figura como segundo time com maior chance de rebaixamento
Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Adversário do Esporte Clube Bahia, na rodada de número 17, pela Série A do Campeonato Brasileiro, o Grêmio tem 55,7% de chance de rebaixamento no Brasileirão. É o que afirma matemáticos da Universidade Federal de Minas Gerais, segundo uma análise dos desempenhos das 20 equipes da elite do futebol nacional.

 

Segundo time com mais chance de queda à Série B, atrás somente da Chapecoense, o Imortal Tricolor chegou a ter mais de 60% de queda, mas conquistou sua segunda vitória em 13 jogos disputados nesta edição ao vencer na última segunda-feira a Chapecoense por 2 a 1, em Porto Alegre, pelo encerramento da 15ª rodada do Brasileirão.

Ademais, a equipe comandada pelo técnico Luiz Felipe Scolari (Felipão) faturou quatro empates e sete derrotas. Ou seja, um aproveitamento de 25,6%. Com quatro pontos, a Chapecoense ocupa a lanterna da competição, sem nenhuma vitória conquistada, e tem 94,4% de probabilidade de cair para a Série B.

Quatro pontos atrás do Cuiabá (18°), o Grêmio tem dois jogos a menos que o Dourado. Dessa forma, o clube gaúcho depende de si próprio para reverter o panorama atual na competição. Afinal pode garantir mais seis pontos na luta contra o Z-4.

Após o duelo frente ao Verdão do Oeste, o Imortal Tricolor visita o São Paulo, sábado, às 21h, no Morumbi. No dia 21 de agosto (sábado), encara o Esporte Clube Bahia, às 19h, na Arena do Grêmio, pela 17ª rodada do Brasileirão.

Confira na íntegra a porcentagem dos 7 clubes com mais chances de queda:

Chapecoense – 94,4%

Grêmio – 55,7%

América-MG – 38,8%

Cuiabá – 34,2%

Sport – 30,2%

São Paulo – 28,1%

Juventude 26,3%

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*