Bahia encara o Flamengo em busca do triunfo para voltar ao G6 da Série A

Bahia deixou o G-6 neste sábado sendo superado pelo Ceará

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação

A 12ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A foi inaugurada neste sábado com quatro jogos, começando pela dupla cearense que fez sua parte. O Fortaleza venceu o São Paulo por 1 a 0 no Morumbi, chegou aos 24 pontos e assumiu a 3ª colocação com 24 pontos, um abaixo do líder Palmeiras. Já o Ceará venceu o Athletico-PR também por 1 a 0 na Arena Castelão, com gol marcado aos 53 minutos do segundo tempo. O Vozão chegou aos 18 pontos e pulou para a 6ª colocação, retirando o Bahia do G-6. Na Arena Neo Química, o Corinthians até saiu na frente, mas levou a virada do Atlético-MG e perdeu por 2 a 1. O Galo segue na cola do Palmeiras. Fechando os jogos de sábado, o Grêmio conquistou sua primeira vitória na Série A vencendo o Fluminense por 1 a 0 no Maracanã.

 

Neste domingo, teremos mais cinco jogos, com destaque para o Esporte Clube Bahia que tenta recuperar sua posição dentro do G-6 enfrentando o Flamengo, às 18h15, no Estádio Metropolitano de Pituaçu. O Esquadrão foi ultrapassado pelo Ceará e caiu para a 7ª colocação, com 17 pontos. Se vencer, chegará aos 20 pontos e retornará ao 6º lugar. Porém, em caso de derrota, vai cair mais na tabela, inclusive, sendo superado pelo próprio adversário carioca. Já o Flamengo, que fará seu primeiro jogo no Brasileirão sob o comando do técnico Renato Gaúcho, aparece no 9º lugar, com 15 pontos, porém com dois jogos a menos.

O Esporte Clube Bahia chega para a partida com algumas ausências, seja por suspensão ou transferência. O meia Daniel (punido pelo STJD) e o volante Jonas (suspenso pelo 3º cartão amarelo) desfalcam a equipe. O zagueiro Juninho e o meia Thaciano, que eram titulares do time de Dado Cavalcanti, foram negociados para Dinamarca e Turquia, respectivamente. Por outro lado, o clube entrou com um pedido de conversão da pena para o lateral-direito Nino Paraíba que foi aceito pelo STJD. O atleta deverá pagar R$ 22.500,00 em medidas de interesse social e está liberado para atuar. Além disso, o treinador ganhou o retorno do argentino Gérman Conti, recuperado de lesão.

Já o técnico Renato Gaúcho conta com os retornos do volante Willian Arão, que foi desfalque diante do Defensa y Justicia por suspensão, e o meia Diego, que está recuperado de lesão. Em contrapartida, o atacante Bruno Henrique segue em recuperação de problema muscular e só deve ficar à disposição para o jogo da Libertadores, quarta-feira, contra o Defensa y Justicia, no Mané Garrincha. Já o zagueiro Rodrigo Caio ainda está na fase de transição e também está fora da partida. Piris da Motta também está fora, após sentir dores no tendão de Aquiles do tornozelo direito. O volante Thiago Maia precisou passar por um reforço no joelho e será preservado.

JOGOS DA 12ª RODADA DA SÉRIE A

SÁBADO, 17/07
17h00 – Ceará 1 x 0 Athletico-PR
17h00 – São Paulo 0 x 1 Fortaleza
19h00 – Corinthians 1 x 2 Atlético-MG
21h00 – Fluminense 0 x 1 Grêmio

DOMINGO, 18/07
11h00 – Chapecoense x Cuiabá
16h00 – Atlético-GO x Palmeiras
18h15 – Bahia x Flamengo
20h30 – Internacional x Juventude
20h30 – Bragantino x Santos

SEGUNDA, 19/07
20h00 – América-MG x Sport

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*