Técnico português projeta um Bahia com intensidade e dinâmica

Mais recentemente, vinha em atividade no País de Gales, no Reino Unido

Anunciado nesta segunda-feira como novo técnico do Time de Transição do Esporte Clube Bahia, o português Bruno Lopes, de 37 anos, tem chegada prevista para esta sexta-feira (18) ao Brasil, quando irá se apresentar no CT Evaristo de Macedo e iniciar os trabalhos com o elenco que disputa o Campeonato Brasileiro de Aspirantes. Nascido em Coimbra, Bruno Lopes tem Licença A da Uefa, dirigiu o sub-23 do Portimonense, famoso na Europa pelo trabalho no futebol de base, entre 2018 e 2020. No período, chegou a atuar como interino do elenco principal, acumulando também as funções de analista de desempenho e observador técnico do clube. Ele assinou contrato até o fim de 2022. Em entrevista recente, o treinador falou sobre sistema de jogo que pretende implantar no Bahia.

 

“Para ser mais simples possível, em termo de formação, não existe formação preferida. Acredito em conceito de jogos, e temos que avaliar o plantel, se encaixa no sistema. Não existe um sistema preferido. Acredito que, hoje em dia, a equipe tem que saber se adaptar. Tive oportunidade de ver a equipe profissional do Bahia, que joga no 4-3-3 e 4-2-3-1, e um sistema muito volátil. Acredito que minha ideia é de jogo ofensivo, que tenha atitude dominadora, intensidade e dinâmica coletiva, perceber onde estão os espaços. Ao mesmo tempo, o jogador é que tem que decidir. O treino é a forma mais eficaz de fazer o jogador passar por múltiplas situações. É uma equipe dominante e que tenha atitude agressiva que busque fazer gols e não sofrer”, disse.

“Ideia é que tenho que jogador brasileiro tem muita qualidade. É cultural. Tecnicamente é muito evoluída. Experiência de trabalhar com jogadores brasileiros em Portugal foi muito positiva. A ideia que eu tenho que é todos os jogadores foram fantásticos. Jogadores com paixão muito grande pelo jogo. Trabalhei com Thiago [vendido para os Estados Unidos], Junior e Everson. O Everson estava na equipe profissional e eu no sub-23”, explicou o treinador, que fez uma avaliação positiva da sua nova equipe.

Mais recentemente, vinha em atividade no País de Gales, no Reino Unido. Antes, teve passagens por times dos Estados Unidos e Singapura, além de outros trabalhos na formação de jovens atletas em Portugal. Entre os mais destacados ao longo da sua carreira estão o atacante Beto, o zagueiro Casagrande e os laterais Kyle Smith e Fali Candé. A definição pelo nome de Bruno Lopes ocorreu após período de pesquisa e entrevistas da diretoria tricolor.

 

Comentários:

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*