Como esperado, times oriundos da Série B começam sofrendo na Série A

Chapecoense, Juventude, Cuiabá e América-MG ainda não venceram na Série A

Como habitual, o Campeonato Brasileiro da Série A segue como castigo para os clubes oriundos da Série B. Entre os que subiram no ano passado, o América Mineiro com a moral super elevada com o prestígio do técnico Lisca em alta já entrou no modo de sofrimento, aliás, o time mineiro é especialista em subir e cair no ano seguinte. Este ano, até então, foram apenas três jogos com três derrotas (Athletico Paranaense, Corinthians e Flamengo), e com essa performance o time mineiro é o lanterna da competição. O desempenho ruim fez com que o técnico Lisca pedisse demissão e deixasse o clube nesta segunda-feira, e além da sequência negativa, um dos motivos foi a falta de investimento no elenco. Era esperado 10 reforços, mas o Coelho anunciou apenas uma contratação para a cascuda Série A.

 

O Cuiabá disputa a Série A pela primeira vez em seus 20 anos de existência, além disso, é a primeira equipe do Mato Grosso está na elite do futebol do país em 35 anos. O time mato-grossense talvez entre eles seja o de menor alcance financeiro e segue na mesma pegada. Jogou apenas duas partidas com um empate diante do Juventude logo na estreia que resultou na demissão do técnico Alberto Valetim e na sequência perdeu para o Fluminense. Com um ponto conquistado, o time é o décimo quinto colocado. O Cuiabá teve o jogo contra o Atlético Goianiense adiado em decorrência da realização da Copa América.

14 anos depois, o Juventude voltou para Série A depois de uma briga em particular com o CSA e assim como os demais oriundos, vem sofrendo. Três jogos, nenhum triunfo, dois empates e uma derrota. Estreou empatando com o Cuiabá em 2 a 2 na Arena Pantanal, depois levou 3 a 0 do Athletico Paranaense e na última rodada até conquistou um resultado importante empatando sem gols com o Santos na Vila Belmiro. Com essa campanha, o time de Caxias do Sul com 2 pontos é o melhor colocado entre as quatro equipes, ocupando a décima quinta posição.

A Chapecoense, com uma experiência recente na primeira divisão, ainda não se encontrou no Campeonato Brasileiro da Série A 2021. Com duas derrotas (Bragantino e Palmeiras) e um empate (Ceará), a equipe catarinense ocupa a décima primeira colocação. Até agora são 11 jogos com sete derrotas e quatro empates. Assim como o América-MG, a Chape alcançou o acesso no ano passado som sobras, chegou a travar uma briga pelo título com o clube mineiro, mas na última rodada sagrou-se campeã da segundona.

Desde 2014, a Chapecoense fazia parte da elite do futebol nacional, até a edição de 2019 onde foi rebaixada pela primeira vez em um campeonato a nível nacional. Já na temporada seguinte, em 2020, a Chapecoense conquistou o seu primeiro título nacional com o título da Série B e consequentemente o retorno à elite nacional, porém, assim como Juventude, Cuiabá e América-MG, a Chape também inicia a Série A 2021 como um franco candidato ao rebaixamento.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*