Apesar da chance remota, Patrick mantém esperança na Sul-Americana

"A gente espera continuar fazendo o que estamos fazendo", disse o jogador.

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

O Esporte Clube Bahia tem uma missão complicada nesta quarta-feira. Precisa vencer o Montevideo City Torque, no Estádio de Pituaçu, e torcer por uma derrota do Independiente-ARG na Argentina diante do Guabirá, que amarga a lanterna e não somou um ponto sequer na competição. Apesar da possibilidade bem remota de classificação, o volante Patrick de Lucca mantém a esperança. Entrevistado nesta segunda-feira, o jogador destacou que “futebol tem surpresa”, e que o Esquadrão precisa pensar em fazer sua parte, vencendo o time uruguaio, e torcer pelo tropeço do time argentino.

 

“A gente espera continuar fazendo o que estamos fazendo. Apesar do resultado do último jogo ter sido abaixo, a gente sabe que está criando, que está chegando no gol adversário, que tem que melhorar na finalização. Mas a gente sabe que tem que fazer a nossa parte. É pensar no triunfo e torcer para o adversário tropeçar”, disse.

Patrick falou sobre a semana de trabalho. “A gente chega preparado. Essa semana de trabalho foi muito boa. A gente conseguiu fazer o que não estava conseguindo fazer nos jogos. A gente pegou essa semana para trabalhar o que não vinha trabalhando, porque vinha de jogos em cima de jogos. Então, a gente está chegando preparado para essa sequência”, explicou.

 

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*