A situação dos times baianos na Copa do Brasil 2021

Bahia, Vitória e Juazeirense estão vivos no torneio nacional

Foto -Divulgação/Juazeirense

De alguns anos para cá, a Copa do Brasil tem se tornado ainda mais atrativa para a grande maioria de clubes do futebol brasileiro. Não é só pela excelente premiação paga em cada fase e o prêmio gordo dado ao campeão nacional, mas também por ser o caminho mais rápido para garantir uma vaga na Copa Libertadores da América. A Bahia foi representada por quatro clubes na primeira fase: Bahia, Vitória, Juazeirense e Atlético de Alagoinhas. Porém, o Carcará acabou eliminado pelo Vila Nova perdendo por 3 a 0 no Estádio Antônio Carneiro. Os outros três avançaram duas fases e seguem vivos no torneio.

 

O campeão da Copa do Brasil tem a possibilidade de faturar nada menos do que R$73,65 milhões, sendo R$56 milhões somente pela primeira colocação e o restante acumulado conforme avança na competição. O vice-campeão pode acumular 23 milhões. Sem dúvida alguma é a competição que tem a maior premiação do futebol brasileiro.

Até aqui, o Bahia já faturou um total de R$ 4,2 milhões na Copa do Brasil. Pela participação na 1ª fase, o Tricolor recebeu R$ 1.150.000, somado ao R$ 1.350.000 pela classificação diante do Campinense e mais R$ 1,7 milhão pelo avanço à terceira fase. Já o Esporte Clube Vitória, que figura no Grupo 3 da tabela de cotas, recebeu R$ 560.000 pela participação e mais R$ 675.000 pela vaga na segunda fase, somados ao R$ 1,7 milhão, chegando a um total de R$ 2.935.000. A Juazeirense também está inserida no Grupo 3, e assim como o Vitória, faturou R$ 2.935.000 como premiação.

A Copa do Brasil é uma excelente competição para aqueles que gostam de apostas esportivas. Aproveite você também para se inscrever na Bet365 e ganhe o bônus disponível baixando o Bet365 App. A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) definiu as premiações da seguinte maneira: nas duas primeiras fases, os clubes estão divididos em três grupos com premiações diferentes. Já na terceira fase, os valores são os mesmos para todos os participantes.

Vejam abaixo como é a distribuição das premiações na Copa do Brasil:

O grupo 1 é formado pelos 15 clubes melhor colocados no ranking da CBF. No grupo 2 estão os times da série A que não constam do ranking da CBF e no Grupo 3 os demais clubes.

  • 1ª fase: R$1,150 milhão (grupo 1), R$990 mil (grupo 2) e R$560 mil (grupo 3)
  • 2ª fase: R$1,350 milhão (grupo 1), R$1,070 milhão (grupo 2) e R$675 mil (grupo 3)
  • 3ª fase: R$1,7 milhão
  • Oitavas de final: R$2,7 milhões
  • Quartas de final: R$3,450 milhões
  • Semifinal: R$7,3 milhões
  • Vice: R$23 milhões
  • Campeão: R$56 milhões

Este ano houve uma mudança no regulamento referente as equipes que anteriormente entravam na competição diretamente na fase das oitavas de final, a partir de 2021 elas vão entrar na competição na terceira fase. As equipes envolvidas nessa alteração são os classificados para a Libertadores (oito times), o nono colocado do Brasileirão, além dos campeões da Série B, Copa Verde e da Copa do Nordeste.

Na primeira fase, o Bahia enfrentou o Campinense da Paraíba, no Estádio Amigão, em Campina Grande, e deu uma goleada, ganhando de 7 a 1 do mandante. Na segunda fase, o Esquadrão goleou o Manaus por 4 a 1, em jogo disputado no Pituaçu. O Bahia tem grandes esperanças na competição deste ano e tirar da memória a péssima atuação que teve em 2020 ao ser desclassificado logo na primeira fase.

Enquanto isso, o Vitória visitou o Águia Negra de Mato Grosso e ganhou por 1 a 0 na primeira fase. Na sequência, despachou o Rio Branco do Espírito Santo, vencendo por 2 a 0 no Barradão. O Leão não perde há 10 jogos na temporada. Já a Juazeirense vem fazendo história na Copa do Brasil. Na 1ª fase, recebeu o Sport Recife e ganhou de virada por 3 x 2 em um jogo com apagão, problemas com a irrigação, gandulas e até ambulância para socorrer o zagueiro Dedé do Juazeirense, que caiu desacordado após o gol. Na segunda fase, o Cancão de Fogo eliminou o Volta Redonda, em duelo histórico. Perdia por 3 a 0, mas buscou o empate e venceu nos pênaltis. Com as classificações, os baianos faturaram R$ 1,7 milhão.

Além da Copa do Brasil, as equipes do Bahia e Vitória estão disputando ao mesmo tempo o Campeonato Baiano e a Copa do Nordeste, o que tem desgastado demais os atletas. Uma das opções utilizadas pelos treinadores é escalar uma equipe reserva ou mista conforme a importância da competição. O Esquadrão é o 4º colocado com 9 pontos, enquanto o Leão é o 8º com 6, mas tem três jogos a menos. Já o Juazeirense disputa somente o Campeonato Baiano e a Copa do Brasil. No baiano está na liderança da competição com 16 pontos e foi o primeiro a se classificar.

Comentários: