Tribunal vê como acidente de trabalho lance de zagueiro com goleiro do Bahia

O lance aconteceu no jogo Vasco 0 x 0 Bahia em São Januário

O zagueiro Leandro Castán, do Vasco, foi absolvido pela Comissão Disciplinar do STJD nesta quinta-feira, pelo lance envolvendo o goleiro Douglas no empate em 0 x 0 no Estádio São Januário, valendo pela trigésima terceira rodada do Campeonato Brasileiro do ano passado. O jogador foi denunciado por jogada violenta, contudo a maioria dos auditores consideraram que o lance foi um acidente de trabalho e que não houve dolo por parte do jogador.

 

“Realmente a imagem é muito forte. Lembro muito bem do lance que me marcou muito. Era um jogo muito importante pra gente e lembro que teve uma falta lateral. Falei para o Léo Gil lançar a bola na marca do pênalti e em todo momento estou olhando a bola. Quando tentei atacar a bola consigo tirar a força do meu chute, mas não consigo evitar o contato. Se eu colocasse a força teria machucado ele seriamente”, disse o zagueiro em sua defesa durante o julgamento.

Reveja o lance

Comentários:

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*