Saiba quanto o Vitória pode faturar em cotas na temporada 2021

Vitória vive uma situação financeira ainda não satisfatória

FOTO: Ascom/EC Vitória

O Esporte Clube Vitória vive uma situação financeira insatisfatória, e o clube segue sendo pressionado por acordos não cumpridos. O Leão corre o risco de novamente ser punido pela CBF, e ter o bloqueio de inscrição de novos atletas. Para melhorar a situação financeira, o Rubro-negro deve obrigatoriamente ir longe nas competições em que vai disputar nesta temporada. No Estadual, por exemplo, o Leão pode ter um faturamento próximo de R$ 1 milhão, caso leve o título desta edição. Somente pela sua participação, tem uma das maiores cotas, chegando ao valor de R$ 854 mil (valor menor que a temporada anterior). Caso leve o título, o Vitória ainda embolsa a quantia de R$ 140 mil.

 

Com a Copa do Nordeste não será diferente, mesmo tendo uma redução nas cotas se comparar a temporada do ano passado, o Vitória ainda faz parte das equipes que tem a maior cota por sua participação. Com o início da primeira fase, o Leão garante automaticamente uma cota de R$ 1,9 milhão. Caso avance as fases de mata-mata, o Vitória garante um bônus de R$ 300 mil nas quartas de final, sendo semifinalista garante mais R$ 350 mil, e chegando à final, o rubro-negro pode faturar no mínimo R$ 500 mil, caso seja vice-campeão. Levantando o título desta edição, o Vitória leva a premiação de R$ 1 milhão.

O Leão ainda fatura cotas por participar da Copa do Brasil. E já na primeira fase, o rubro-negro embolsa a quantia de R$ 560 mil. Avançando à segunda fase, tem garantido a quantia de R$ 675 mil. O valor ainda sofre acréscimo, caso chegue na terceira fase, embolsando a quantia de R$ 1,7 milhão.

E por disputar a Série B do Brasileirão, o Vitória tem uma cota de R$ 8 milhões. O valor deve sofrer um “corte” de de R$ 2 milhões, pois o clube precisa bancar toda a logística da competição, sendo assim, a cota líquida deve ser de R$ 6 milhões.

Yago Andrade – criador da página “Vamos Negô”. 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*