Artilheiro do Campinense projeta duelo contra o Bahia pela Copa do Brasil

Campinense tentará feito alcançado pela última vez em 1962

Foto: Daniel Lins / Campinense

Um dos destaques do Campinense neste início de temporada, jovem atacante Cadu, de 23 anos, marcou três gols, nas partidas contra Potiguar de Mossoró e CSP. O jogador é a esperança de gols do time paraibano para tentar a classificação na Copa do Brasil, nesta terça-feira, diante do Esporte Clube Bahia, pela primeira fase, no Estádio Amigão. O atleta frisou que o time ainda não está 100%, mas garantiu que todos estão prontos e darão o máximo contra a equipe baiana.

 

“O professor Rodolfo Fermino vem fazendo um trabalho muito bom conosco. A pré-temporada toda foi preparada e pensada antes de ser executada, e isso acaba sendo refletido em campo. No primeiro jogo nós sentimos um pouco o físico, contra o CSP sentimos ainda menos e agora estamos treinando mais uma semana para entregarmos o máximo contra o Bahia. Mesmo não estando ainda 100%, temos certeza que nossa comissão sabe onde estamos e certamente estamos prontos para esse jogo”, pontuou.

Devido ao regulamento adotado nas últimas temporadas, o clube mandante precisa, obrigatoriamente, vencer os visitantes para avançar à próxima fase da Copa do Brasil, logo, A Raposa precisará vencer o Bahia, o que não acontece desde 1962. De acordo com Cadu, o caminho para o resultado está na obediência às ideias propostas pelo treinador Éderson Araújo.

“O que o professor pedir temos que estar dispostos e prontos para seguir. Isso é o mais importante, a união para fazer o que ele pede. O Ederson nos dá muita liberdade para nos expressarmos durante a partida, e eu penso que isso é importante, fazer aquilo que ele pede, mas nos momentos que estivermos no mano a mano, termos autonomia para tomar a melhor decisão e sairmos do Amigão com a classificação”, finalizou.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*