Bahia atropela o Fortaleza e pode carimbar a permanência neste domingo

Bahia chega aos 41 pontos e abre quatro pontos da zona de rebaixamento

Foto - Kely Pereira/AGIF

Em jogo importantíssimo para os dois lados na luta pela sobrevivência na elite do futebol nacional, Bahia e Fortaleza se enfrentaram na noite deste sábado (20) na Arena Castelão, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, e no duelo de tricolores, melhor para o tricolor baiano que atropelou o Leão do Pici aplicando um sonoro 4 a 0, com três gols do meia Rodriguinho e um do atacante Rossi, e conquistou um triunfo FUNDAMENTAL, dando um passo enorme para acabar com todo o sofrimento que perdura desde agosto quando começou a competição, e já podendo eliminar qualquer possibilidade de rebaixamento neste domingo em caso de tropeços de Vasco e Goiás.

 

Com o triunfo expressivo, o Bahia chegou aos 41 pontos e subiu para o 15º lugar, superando o Fortaleza pelo critério do saldo de gols e abrindo quatro pontos do Vasco da Gama e cinco do Goiás. Para garantir a permanência com uma rodada de antecedência, o Esquadrão de Aço depende que Vasco não vença o Corinthians na Arena Neo Química e o Goiás não derrote o Red Bull Bragantino no Estádio Hailé Pinheiro neste domingo. Se os dois, ou um dos dois vencer, a definição será prolongada para a última rodada.

O mesmo caso se aplica ao Fortaleza, porém, em caso de empate do Vasco diante do Corinthians, o Leão do Pici ficaria três pontos acima do time carioca, com uma vitória a mais, e mesmo perdendo para o Fluminense na última rodada, só poderia ser ultrapassado se o Cruzmaltino vencesse o Goiás tirando um saldo de 15 gols de diferença, algo muito improvável.

O jogo começou bom para o Bahia, que logo aos 6 minutos abriu o placar, com jogada que iniciou com Ronaldo achando Nino Paraíba na direita. O lateral avançou e cruzou na medida para Rodriguinho marcar de cabeça. O gol foi um baque para o Fortaleza, que teve mais posse de bola (54% x 46%) e finalizou mais nos primeiros 45 minutos, porém, mas encontrou dificuldade para invadir a área adversária e só conseguiu criar uma oportunidade clara de gol com Paulão perdendo chance incrível carimbando o travessão. Já o time baiano deu uma recuada e passou a apostar nos contra-ataques, criando algumas poucas situações com Gilberto finalizando de fora da área.

No segundo tempo, o jogo ficou mais aberto e emocionante. O Bahia quase ampliou aos 4 minutos com Ronaldo parando na trave. O Fortaleza respondeu na sequência, mas parou no goleiro Douglas em duas oportunidades, com Felipe e Juninho. Mas foi o Tricolor da Boa Terra quem marcou, e novamente com Rodriguinho, que minutos antes quase fazia um golaço, mas aos 16, repetindo o primeiro gol, Nino Paraíba cruzou e Rodriguinho de cabeça marcou o segundo. A noite era mesmo do inspirado camisa 10. Minutos após a expulsão do volante Felipe, do Fortaleza, Rossi foi puxado na área e o árbitro marcou pênalti. Rodriguinho estava com tanta sorte que perdeu na primeira, mas no rebote anotou o terceiro. Aos 33, outro pênalti, agora sofrido por Rodriguinho. O camisa 10 deixou para Rossi bater o atacante não desperdiçou. O Bahia teve chances de ampliar, mas ficou nisso mesmo. 4 a 0.

FICHA TÉCNICA
FORTALEZA 0 X 4 BAHIA
Brasileiro Série A – 37ª rodada
Local: Arena Castelão, em Fortaleza
Data e Hora: 20/02/2021 (sábado), 21h
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (FIFA-SP)

GOLS: Rodriguinho (3x) e Rossi (Bahia)

FORTALEZA
Felipe Alves; Gabriel Dias (Tinga), Paulão, Quintero, Bruno Melo; Felipe, Juninho e Luiz Henrique (Mariano Vásquez); Romarinho (Osvaldo), David (Bergson) e Wellington Paulista (Ronald). Técnico: Enderson Moreira.

BAHIA
Douglas; Nino Paraíba, Ernando (Juninho), Lucas Fonseca e Matheus Bahia; Gregore, Patrick de Lucca e Ronaldo; Rossi (Thiago), Rodriguinho e Gilberto (Gabriel Novaes/Daniel). Técnico: Dado Cavalcanti.

 

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário