Bahia anuncia venda de Gregore como a maior do futebol nordestino

Esquadrão negociou 65% dos 100% que possuía do atleta

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação

Por meio de comunicado no aplicativo Sócio Digital, o Esporte Clube Bahia anunciou na manhã desta quarta-feira a venda do volante Gregore ao ao Inter Miami, equipe dos Estados Unidos. Segundo o presidente Guilherme Bellintani, foi o maior valor da história do futebol nordestino”. Porém, os detalhes estão proibidos por regras da MLS (Major League Soccer, a liga de futebol local), mas o Esquadrão negociou 65% dos 100% que possuía do atleta, garimpado sem custos junto ao Santos B, em janeiro de 2018. A despedida do jogador será nesta quinta (24), contra o Santos, na Fonte Nova, pela última rodada do Nacional. Segundo informações ventiladas na imprensa, o valor poderia chegar na casa dos R$ 21 milhões.

 

“Nosso Conselho Fiscal terá acesso a toda a documentação, gostaríamos muito de poder divulgar tudo abertamente, mas o montante que ficou para o clube é pouco superior ao da venda de Zé Rafael para o Palmeiras (R$ 14,5 mi), por exemplo”, diz o presidente Guilherme Bellintani.

“Conseguimos segurar Gregore quando chegou uma proposta semelhante no início de 2020, mas o cenário de pandemia agora não nos permite mais. Ele sai pela porta da frente, completará 27 anos daqui a uma semana e tinha contrato só até o fim de 2021”, completa o dirigente.

Natural de Juiz de Fora, Gregore de Magalhães da Silva surgiu no São José e acumula passagens por Joseense, São José dos Campos FC, São Carlos e Santos. Chegou ao Bahia como uma aposta após defender o Santos no Campeonato Brasileiro de Aspirantes em 2017, emprestado pelo São Carlos-SP até o final de 2018, no entanto, despontou rápido o que fez com que a diretoria tricolor adquirisse o seu passe em definitivo em maio do ano passado, desembolsando R$ 1 milhão por 50% dos direitos econômicos. Depois, o Bahia acabou comprando mais 40% dos direitos econômicos do camisa 26 (sem revelar valores) passando a ter 90% dos direitos. Seu contrato com o Esquadrão de Aço é válido até dezembro de 2021. Ao todo, Gregore disputou 166 jogos pelo Bahia e marcou 2 gols.

 

 

 

Comentários:

1 Comentário

  1. O Bahia teve uma grande oportunidade de ter vendido ano passado, não poderia perder esta grande oportunidade. Dizem que quando o cavalo passa selado, temos que montar, senão poderá não ter mais a oportunidade.
    Há jogadores no mercado em condições de substituí-lo no mesmo nível ou até superior. Porém, esperamos que o Presidente, Rei das vendas no Nordeste, não se acomode e faça a reposição, assim, o time não correrá riscos de queda de rendimento com a saída de Gregore, afinal, quando da saída de Flávio, o time desandou e a partir daí foi só pancada no campeonato.
    Agora eu pergunto: Cadê a tal de transparência no Bahia? Esta ai meu amigo passa longe.
    Os subterfúgios nas negociações são permanentes e evasivas usadas como desculpas nas negociações, são cada vez mais latente.
    Boa sorte e sucesso Gregore!! Você sempre honrou com muita dedicação o manto tricolor.
    Vida que segue….

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*