Anderson é liberado pelo Bahia para resolver assuntos pessoais

Atleta foi liberado "para tratar de problemas particulares"

Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Após falhar nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, contra Fluminense e Goiás, o goleiro Anderson foi liberado pelo Esporte Clube Bahia e não participou dos treinos realizados no CT Evaristo de Macedo durante a semana. A informação que foi passada é que o atleta pediu a liberação para “tratar de problemas particulares”. Anderson foi titular nos últimos jogos porque Douglas e Mateus Claus estavam lesionados, e se tornou o vilão nos tropeços cruciais na Arena Fonte Nova. O vínculo do atleta com o Bahia é válido até o final deste mês de fevereiro, quando acaba o Campeonato Brasileiro, portanto, ele não joga mais pelo clube. Contra o Atlético-MG, Claus será o titular.

 

Anderson está no Esporte Clube Bahia desde agosto de 2016. Na época, chegou para suprir a saída de Douglas Pires, que foi emprestado ao Fortaleza. Na ocasião, o presidente Marcelo Sant’Ana explicou em entrevista que era um reforço para “repor a lacuna”, afinal, o elenco já contava com Jeanzinho e Muriel. Revelado no Santa Cruz, clube que defendeu por oito anos, Anderson teve algumas passagens pelo futebol paulista: Portuguesa, Mogi-Mirim, Oeste, Linense, Ituano e Novorizontino, antes de chegar ao Bahia. Apesar de nunca ter sido uma unanimidade, o arqueiro teve seu contrato renovado duas vezes pelo presidente Guilherme Bellintani.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário