Sindicado publica nota em repúdio à redução salarial no Vitória

Sindicato critica a postura do clube em penalizar os trabalhadores

Na última quinta-feira, o Sindicato dos Empregados em Entidades Culturais, Recreativas de Assistência Social de Orientação e Formação Profissional do Estado da Bahia (Senalba) publicou uma nota repudiando a decisão do Esporte Clube Vitória em reduzir os salários dos funcionários em 25%. No comunicado, o Sindicato critica a postura do clube em penalizar os trabalhadores sob argumento da pandemia de covid-19, e promete tomar uma atitude, inclusive, acionando a justiça. A Senalba afirma ainda que fez contato com clube e aguarda retorno na tentativa de solucionar o caso.

 

VEJA A NOTA ABAIXO

O Sindicato Senalba, repudia a forma como Esporte Clube Vitória vem tratando seus trabalhadores, uma vez que existem vários meses de atraso no pagamento dos salários, férias e décimo terceiro salário. Além disso, há mais de dois anos sem reajuste salarial. Nesse contexto, os trabalhadores e o sindicato foram surpreendidos pelo referido clube com um documento datado do dia 12 do mês de Janeiro 2021 impondo aos colaboradores a redução de 25% (vinte e cinco por cento) nos salários, com prazo de adesão até o dia 15 do mês em curso usando como parâmetro a crise.

O sindicato entende que o Vitória não pode alegar a atual situação financeira que o clube atravessa e penalizar os trabalhadores, atribuindo tal situação à pandemia, cabendo inclusive, ação judicial passível de penalidade.

Atento ao fato, o Sindicato, através do departamento jurídico, entrou em contato com o Esporte Clube Vitória e aguarda retorno na tentativa de solucionar essa medida unilateral.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*