Dado exalta entrega e “volta por cima” do Bahia contra o Corinthians

"Os atletas souberam entender o que nos faltou e, hoje, responderam", disse.

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

O Esporte Clube Bahia conquistou um triunfo importantíssimo na noite desta quinta-feira (28) e deixou a zona de rebaixamento ao vencer o Corinthians pelo placar de 2 a 1 na Arena Fonte Nova, em duelo atrasado da 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols do Esquadrão foram marcados por Gilberto (30min) e Índio Ramírez (48min), ambos no primeiro tempo. Gabriel descontou para o time paulista aos 25 da etapa final. Com o resultado, o Bahia chegou aos 35 pontos e passou para a 16ª colocação, jogando o Fortaleza no Z4 pelo critério do número de vitórias. O próximo compromisso do Esquadrão é no domingo, às 16h, contra o Vasco, no Estádio São Januário, confronto direto na luta contra o Z4.

 

Em entrevista após o jogo, o técnico Dado Cavalcanti exaltou a entrega dos jogadores e a “volta por cima” após um segundo tempo ruim no jogo passado na Ilha do Retiro.

“O mais importante, hoje, foi dar a volta por cima do segundo tempo trágico que realizamos na Ilha do Retiro. Os atletas souberam entender o que nos faltou e, hoje, responderam. Não deixaram que faltasse entrega hoje. Fomos merecedores do triunfo por toda entrega dada em campo”.

Dado comentou o retorno de Lucas Fonseca ao time titular. “Lucas fez uma partida segura, tranquila, e trouxe segurança para seus companheiros. Todos os companheiros, é lógico, também o ajudaram bastante. Ficamos felizes dele voltar e retornar com triunfo”.

Sobre o jogo, Dado acredita que ser mais efetivo pesou bastante para mais um triunfo no Brasileirão. “Não podemos mascarar atuações pelos resultados. Em outros jogos, por exemplos, produzimos mais chances. Chegamos mais no gol adversário, com mais oportunidades, e saímos perdedores. Finalizamos menos, só que com uma efetividade maior. Sofremos com a bola aérea, quando estávamos com linhas baixas, e mesmo assim não levamos gols nesse momento. São coisas importantes”.

Deixe seu comentário!

2 Comentário

  1. QUERO SABER ATÉ QUANDO DADO VAI FICAR INVENTANDO?
    TIAGO E MATEUS BAHIA NÃO TÊM CONDIÇÕES DE SEREM TITULARES DO BAHIA.
    E ALESSON NO FINAL DO SEGUNDO TEMPO COM O BAHIA TOMANDO SUFOCO FECHOU COM CHAVE DE MESTRE AS INVENÇÕES

  2. A defesa vinha sólida, até a saída de Lucas Fonseca, más bastou o zagueiro Juninho e o lateral Juninho Capixaba entrarem na partida para mudar totalmente a performance da partida. Por pouco o triunfo não vai água abaixo.
    Pelo amor de Deus, há jogadores no clube que parece não ter compromisso com o clube, só entram no jogo para entregar a bola ao adversário e esse lateral do Bahia é um deles.
    Alguém observou o comportamento de Rodriguinho e Daniel no banco de reservas? Enquanto alguns atletas estavam totalmente envolvidos na partida, torcendo e comemorando os gols, eles estavam desconectados com o que acontecia no campo. Sem envolvimento nenhum.
    Se eu fosse, Dado Cavalcanti,nem levaria para o jogo, o risco de entrega o resultado, pode ser perigoso.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*