Coritiba chega a 17 casos de Covid-19 antes de enfrentar o Bahia

O clube registrou mais dois casos, mas não revelou os nomes dos jogadores

Foto: Divulgação/Coritiba

Em novos exames realizados na sexta-feira, o Coritiba registrou mais dois casos de Covid-19 dias antes do duelo contra o Esporte Clube Bahia, marcado para segunda-feira, às 18h, no Estádio Couto Pereira, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Com isso, o clube chega a 17 casos nos últimos oito dias. Além de jogadores e funcionários, quem somam 16 pessoas, o técnico Rodrigo Santana também está fora, e o time será comandado pelo auxiliar-técnico Pachequinho.

 

O clube não revelou os nomes dos jogadores, porém, na última quinta-feira, os atacantes Ricardo Oliveira e Nathan não participaram dos treinos aguardando resultado. Especula-se que sejam os dois. O Coritiba não irá divulgar a lista de relacionados para a partida de segunda, que impossibilita saber quais são os jogadores disponíveis. O último treino está previsto para este domingo, quando o treinador deve definir os titulares.

O surto de Covid-19 iniciou com cinco jogadores que testaram positivo um dia antes do jogo contra o Internacional, no último domingo: Matheus Galdezani, Nathan Silva, Matheus Bueno, Muralha e Patrick Vieira. Um dia depois foi a vez do técnico Rodrigo Santana e, em novos testes, foram registrados nove novos casos; sete funcionários e dois jogadores. Além deles, o diretor de futebol, Paulo Pelaipe, está internado desde o dia 16 de outubro em tratamento. Ele está na UTI e apresentou melhoras nos últimos dias.

Além dos casos de Covid-19, o Coritiba não poderá contar com o meia-atacante Yan Sasse, suspenso pelo terceiro amarelo, e o o atacante Ezequiel Cerutti, que se machucou na última semana. O argentino fez dois jogos pelo Coritiba desde que chegou: Ceará e Atlético-GO. Ele não tem prazo de retorno confirmado pelo clube.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*