Meia exalta o Vitória e elogia estrutura: “Clube grande, de tradição”

"Fui muito bem recebido por todos", disse Juninho Quixadá

Foto: Letícia Martins/ECV

Nesta quinta-feira, o Esporte Clube Vitória anunciou e apresentou o meia-atacante Juninho Quixadá, de 34 anos, que estava defendendo o Ceará, mas rescindiu contrato recentemente e assinou com o Leão para disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Na primeira entrevista como jogador do Rubro-Negro Baiano, Juninho agradeceu por estar vestindo a camisa do Vitória e citou a grandeza e tradição do clube.

 

“Primeiro, agradecer a Deus por estar vestindo a camisa do Vitória, mais um clube grande, de tradição, de história no nosso Nordeste. Eu pretendo ajudar a equipe da maneira que eu sempre ajudei por onde passei, com as minhas jogadas rápidas, tentando criar bastante do meio para frente, tentando ajudar os companheiros, a cada jogo, a conquistar vitórias. Fui muito bem recebido por todos. Isso ajuda muito nessa questão. Então me sinto [adaptado], sim”, destacou.

O jogador diz ter ficado impressionado com a estrutura do clube. “Eu confesso que eu fiquei bem impressionado com a estrutura do clube. Alguns colegas já tinham me passado que aqui tinha uma estrutura grandiosa. Mas eu não esperava que realmente fosse da maneira que é. Cheguei até a comentar com a minha família, meus irmãos, sobre isso, que eu tinha ficado muito surpreso com a estrutura que o clube tem e que, às vezes, você não entende como um clube deste porte, com a estrutura que tem, não está numa Série A”, pontuou.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*