Volante explica falta de oportunidade no Atlético-MG e celebra volta ao Vitória

"Estava no Atlético-MG. Não joguei por causa do técnico", disse

Foto: Letícia Martins / Divulgação / EC Vitória

Anunciado nesta semana como reforço do Esporte Clube Vitória para a sequência da Série B do Campeonato Brasileiro, o volante Lucas Cândido realizou exames médicos e testes físicos na quarta-feira na Toca do Leão juntamente com o zagueiro Wallace. Nesta quinta-feira, o volante foi apresentado oficialmente e explicou a falta de jogos na temporada 2020. O volante teve boa passagem pelo Leão em 2019 e recentemente se desligou o Atlético-MG, onde não vinha sendo aproveitado pelo treinador.

 

“Estava no Atlético-MG. Não joguei por causa do técnico. Estava apto a jogar. Na Chapecoense nem sei. Treinei normal, mas falaram que tinha risco. Olho para frente. Abriu essa porta aqui no Vitória. Espero aproveitar. Tenho que ter esse objetivo. Vim para ajudar. Independente de quem for jogar, tenho certeza que vai dar 100%. Independente de quem for jogar, a gente tem que subir”.

Lucas espera repetir as boas atuações da temporada passada, mas dessa vez brigando na parte de cima da tabela. “Feliz em voltar. Espero que esse ano seja pelo acesso. Ano passado foi para não cair. Espero ficar apto a jogar o mais rápido possível. Sei que fiquei um tempinho parado, mas estava fazendo atividades em casa. Essa Covid atrapalhou todo mundo. Espero o mais rápido possível ficar 100%. E espero voltar a fazer gols também. Bem motivado para voltar e ajudar o Vitória”, disse Lucas Cândido.

Natural de Uberlândia (MG), Lucas Cândido Silva tem 26 anos e disputou a última temporada pelo Esporte Clube Vitória, sendo titular em boa parte da Série B. Ele foi revelado nas categorias de base do Atlético-MG e fez parte do elenco campeão da Libertadores de 2013. Naquele ano, inclusive, Lucas participou dos dois jogos do Galo no Mundial, atuando como lateral-esquerdo. A sequência na equipe alvinegra foi atrapalhada por lesões no joelho. A temporada passada foi exatamente a que ele mais fez jogos na carreira. Além das 23 atuações pelo Vitória, entrou em campo cinco vezes pelo Galo durante o Mineiro de 2019. Esse ano, não entrou em campo.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário