Série A: Roger Machado entre os cinco técnicos remanescentes de 2019

Roger Machado está no Bahia desde abril de 2019

Foto: Felipe Oliveira/ Divulgação ECBahia

O Campeonato Brasileiro da Série A começou no sábado (08), com algumas novidades em relação à edição passada, exceto a ausência de público nos jogos como determina o protocolo de distanciamento social em uma tentativa de evitar o contágio do coronavírus, além também a ausência do Cruzeiro que até o ano passado havia disputado todas as edições. A competição marcará a reestreia do Bragantino, que agora atende também como Red Bull, depois de 22 anos distante da elite do futebol nacional. Sport-PE, Coritiba e Atlético-GO também voltam à competição onde saíram num passado não distante. O Nordeste manterá a marca de quatro representantes, com o Sport completando a lacuna deixada pelo CSA, rebaixado no ano passado.

 

Dos 20 clubes que disputam o Campeonato Brasileiro da Série A, cinco deles mantiveram o mesmo treinador de 2019. Renato Gaúcho, do Grêmio, é o recordista. Ele está no time gaúcho desde 18 de setembro de 2016. Roger Machado (Bahia), Ney Franco (Goiás), Fernando Diniz (São Paulo) e Rogério Ceni (Fortaleza) são os outros remanescentes de 2019. Roger assumiu o Bahia em abril de 2019 e no Brasileirão do ano passado fez o time figurar no G-6 no primeiro turno, porém, depois a equipe caiu de rendimento e amargou 9 jogos sem vencer, caindo na tabela e ficando atrás de clubes como Fortaleza e Goiás, com orçamentos menores. O treinador vem sendo pressionado e criticado pela torcida por conta do fraco rendimento do time, que perdeu a Copa do Nordeste e quase deixou escapar o Campeonato Baiano.

Tiago Nunes foi contratado pelo Corinthians no início de novembro, ainda durante o Brasileirão de 2019, mas só assumiu oficialmente no início desta temporada. O ex-lateral Coelho comandou o Timão na reta final. O Flamengo, campeão do Brasileirão e da Libertadores em 2019, agora será comandado por Domènec Torrent, que chegou para ocupar a vaga de Jorge Jesus. O Athletico-PR, campeão da Copa do Brasil, buscou Dorival Júnior para substituir Eduardo Barros – que já tinha ocupado interinamente a vaga de Tiago Nunes.

O Santos, atual vice-campeão brasileiro, contratou Jesualdo para o lugar de Sampaoli, mas demitiu o português antes mesmo do Brasileirão e acertou com Cuca nesta sexta-feira. E o Palmeiras, terceiro colocado, demitiu Mano Menezes, colocou Andrey Lopes como interino e contratou Luxemburgo para 2020.

Técnicos do Brasileirão de 2020 (divulgada pelo GE)
Grêmio – Renato Gaúcho (18/09/2016)
Bahia – Roger Machado (02/04/2019)
Goiás – Ney Franco (07/08/2019)
São Paulo – Fernando Diniz (26/09/2019)
Fortaleza – Rogério Ceni (29/09/2019)
Corinthians – Dyego Coelho > Tiago Nunes (07/11/2019)
Fluminense – Marcão > Odair Helmann (11/12/2019)
Palmeiras – Andrey Lopes > Vanderlei Luxemburgo (15/12/2019)
Internacional – Zé Ricardo > Eduardo Coudet (16/12/2019)
Coritiba – Jorginho > Eduardo Barroca (20/12/2019)
Athletico – Eduardo Barros > Dorival Junior (27/12/2019)
Bragantino – Antônio Carlos Zago > Felipe Conceição (27/01/2020)
Botafogo – Alberto Valentim > Paulo Autuori (12/02/2020)
Sport – Guto Ferreira > Daniel Paulista (14/02/2020)
Atlético-MG – Vagner Mancini > Jorge Sampaoli (01/03/2020)
Ceará – Argel Fucks > Guto Ferreira (18/03/2020)
Vasco – Vanderlei Luxemburgo > Ramon Menezes (30/03/2020)
Atlético-GO – Eduardo Barroca > Vagner Mancini (25/06/2020)
Flamengo – Jorge Jesus > Domènec Torrent (31/07/2020)
Santos – Jorge Sampaoli > Jesualdo Ferreira > Cuca (07/08/2020)

Deixe seu comentário

1 Comentário

  1. Muito booom dia país, sim! país tricolor, fazemos realmente parte de uma torcida diferenciadíssma!!!! Estabelecendo uma analogia, vejo esta nação sendo tratada ou tratado como naquela relação que dedicamos, apoiamos, criticamos sim! para o bem da parceira ou parceiro. Mas incondicionalmente … amamos! e do outro lado (desta relação) falta respeito, dedicação, prazer, felicidade e determinação! Êta Baeea. Sr Bellintani, acorda! se não a corda vai romper. Já está bem cascomida. Ontem vi uma situação no jogo mais esperado pelos cronistas do sul maravilha e também por muitos das nossas bandas, flamengo e atlético/MG. Ai entendo o porque dos técnicos estrangeiros estarem evoluindo tanto! Não havia acabado o primeiro tempo e o Sr Sampaoli (por muitos chamado de louco), simplesmente muda teu esquema , sim! mudou o esquema trocando um atleta que num dia ruim, não vinha cumprindo as funç~´oes táticas que lhe foram imcubidas. No final das contas, ganhou o jogo. Interessante! Sr Roger??? o senhor assistiu? é fato! precisas evoluir URGENTEMENTE em conceitos táticos, motivação de grupo (os caras no Baêea não … vibram) e hierárquicos (este último está nos quebrando no “meio cara”). Já que o nosso bom presidente no campo adm-finaceiuro e publicitário, NÃO CONSEGUES ENXERGAR que desde o segundo semestre de 2019 (há um ano portanto), o Sr não conseguiu evoluir o nosso querido Baeea em nada. Rigorosamente … nada! no que esperamos de um técnico de futebol. Um ano… Caramba, cara… BBMP!!!!!!!!!!!! Edson Martins

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*