Mesmo com jogadores infectados pela COVID, Atlético quer enfrentar o Flamengo

direção do Atlético-GO deseja mantém o jogo

Foto: Paulo Marcos/Atlético-GO

Ninguém pode notar o fato como surpresa, afinal, o Campeonato Brasileiro da Série A e outros foram retomados em plena crise do coronavírus que até então não deu trégua alguma. Continua matando e contaminando hoje como ontem sem qualquer redução. Hoje por exemplo, tivemos no Brasil 1.200 mortes. Neste embalo fúnebre, o Atlético Clube Goianiense tomou conhecimento às 19h15 desta terça-feira que quatro jogadores relacionados para o confronto diante do Flamengo nesta quarta-feira (12), estão infectados com a Covid-19 e consequentemente vetados para partida no Estádio Olímpico pela 2ª Rodada do Campeonato Brasileiro.

 

Ainda assim, a direção do Atlético-GO deseja mantém o jogo e seja lá o que deus quiser. Logo após as notificações presidente do Atlético-GO, afirmou que, a despeito da notificação recebida pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) de que o jogadores com covid-19, não há interesse em adiar a partida contra o Flamengo, amanhã, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

“Ficamos o dia todo aguardando a resposta dos exames e tivemos a informação extraoficial. Sabemos que o Feldman falou com o presidente do Conselho, mas nós, do clube, não tínhamos a informação. Há pouco recebemos a notificação da CBF. Estamos com nossos deptos. médico e jurídico avaliando a situação. A princípio, não temos interesse em adiar o jogo. Goiânia vive um momento complexo, mas temos respeitado os protocolos, feito exames de maneira periódica”, explicou o dirigente em entrevista ao Fox Sports, hoje.

2ª RODADA DA SÉRIE A

QUARTA-FEIRA, 12/08
19h15 – RB Bragantino x Botafogo
19h15 – Atlético-MG x Corinthians
19h15 – Athletico-PR x Goiás
20h30 – Bahia x Coritiba
20h30 – Atlético-GO x Flamengo
21h30 – Fluminense x Palmeiras
21h30 – Ceará x Grêmio

QUINTA-FEIRA, 13/08
19h15 – São Paulo x Fortaleza
19h30 – Internacional x Santos
20h00 – Vasco x Sport-PE

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*