Com 453 gols na carreira, Magno Alves projeta decisão e vibra: ‘Sou um privilegiado’

Magno Alves é o principal destaque do Atlético de Alagoinhas

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Neste domingo (02), o Atlético de Alagoinhas deve confirmar vaga na final do Campeonato Baiano depois de 47 anos. No primeiro jogo, goleou a Juazeirense por 4 a 1 no Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro, com gols de Magno Alves, Edilson, Lucas Alisson e Dedeco. Com isso, o Carcará agora pode perder até por dois gols de diferença que ainda assim garante a classificação. Um dos destaques do time, o atacante Magno Alves, em entrevista no Estádio Antônio Carneiro, palco do jogo deste domingo, projetou a decisão e espera balançar as redes novamente para aumentar o currículo. Mesmo com 44 anos, ele garante que se sente como um menino de 30, e já soma 453 gols na carreira. Com muitos gols e títulos, o centroavante agradece à Deus por ser um privilegiado.

 

Se avançar à final, o Atlético de Alagoinhas poderá reeditar a decisão de 1973, quando chegou na decisão e acabou perdendo por 2 a 0 para o Bahia de Evaristo de Macedo. É claro, para isso, Bahia e Atlético precisam confirmar a classificação, algo que já está bem encaminhado. O Esquadrão, no jogo de ida, venceu o Jacuipense por 2 a 0 no Estádio Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe, e neste domingo em Pituaçu joga podendo perder até por um gol de diferença.

Assista abaixo à entrevista:

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*