Barroca prevê jogo difícil contra o Bahia e espera ter mais atletas à disposição

"Um jogo difícil, contra uma equipe [o Bahia] que acabou de ser campeã baiana"

Foto: Coritiba

Após estrear perdendo para o Internacional por 1 a 0 no Estádio Couto Pereira, o Coritiba volta a campo na quarta-feira (11), diante do Esporte Clube Bahia, às 20h30, em Pituaçu, pela segunda rodada do Brasileirão. Com passagem pelo tricolor baiano como auxiliar e técnico interino, Eduardo Barroca hoje comanda o Coxa e já foca no próximo compromisso da equipe no Brasileirão, diante do Bahia, fora de casa. O comandante prevê um jogo difícil e espera  recuperar alguns jogadores que ainda não estão em condições de jogo.

 

“É um primeiro ciclo difícil de cinco jogos, três fora e dois em casa. Lutamos muito e fomos competitivos, mas num detalhe acabamos perdendo o jogo. Agora precisamos recuperar o mais rápido que pudermos para enfrentar o Bahia fora de casa. Um jogo difícil, contra uma equipe [o Bahia] que acabou de ser campeã baiana, fez um grande Brasileiro ano passado. Esperamos recuperar nossos jogadores, ter mais jogadores à disposição: Rhodolfo, Giovanni, Nathan Ribeiro, Rafinha, Matheus Sales, Neilton que ainda não estreou…”, disse.

Barroca também falou sobre a maratona de jogos e afirmou que será um Brasileirão atípico. “Vai ser um campeonato atípico, com pouco tempo de recuperação, mas tenho confiança que vamos ajustar e crescer. Os jogadores estão se entregando, não está sendo suficiente, mas sempre nos dedicamos e mostramos raça. Infelizmente nos três últimos jogos, em pequenos detalhes, acabamos sendo derrotados. Esperamos fazer os ajustes para poder vencer no próximo jogo.”

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*