Bahia dá vexame, perde para o Ceará e se complica na final da Copa do Nordeste

O jogo de volta acontece na próxima terça-feira, às 21h30, em Pituaçu

Fotos: Felipe Santos/cearasc.com

Começou neste sábado (01) a grande final da Copa do Nordeste, principal competição regional do futebol brasileiro, e pela primeira vez sendo realizada em sede única, na capital baiana, por conta da pandemia do coronavírus. Reeditando a final de 2015, Ceará e Bahia se enfrentaram esta tarde no Estádio Metropolitano de Pituaçu, com o Esquadrão buscando o seu quarto título (foi campeão em 2001, 2002 e 2017) e o Vozão querendo o seu bicampeonato. O técnico Roger Machado, que está no tricolor há mais de um ano, busca conquistar o seu primeiro título de expressão pelo Bahia. Já o treinador Guto Ferreira, campeão em 2017 com o Tricolor, tenta igualar o feito de Arthuzinho e levantar sua segunda taça do Nordestão. Nos primeiros 90 minutos, deu Vozão que venceu de virada por 3 a 1, com gols de Fernando Sobral, Cléber e Mateus Gonçalves. O Esquadrão chegou a abrir o placar com Fernandão, mas a defesa bateu cabeça e permitiu a virada do time cearense que larga na frente pela “Orelhuda” e agora pode perder até por um gol na partida de volta, terça-feira, às 21h30, em Pituaçu.

 

O primeiro tempo foi truncado e com poucas chances de gol, porém, não faltou bola na rede. O Bahia abriu o placar aos 25 minutos com o centroavante Fernandão, marcando o seu terceiro gol na Copa do Nordeste. Metade do gol pode ser colocado na conta do volante Flávio que roubou a bola e deu uma assistência milimétrica. Os tricolores ainda comemoravam, quando dois minutos depois, um lance BIZARRO. O lateral Juninho Capixaba e o goleiro Anderson bateram cabeça e trombaram, dando um presentaço para o meia Fernando Sobral que só teve o trabalho de empurrar para o gol vazio, trapalhada que custou caro. O empate saiu num momento onde o Tricolor era melhor na partida.

O segundo tempo foi muito melhor, com as duas equipes mais agressivas ofensivamente e os goleiros precisando trabalhar. Aos 11 minutos, Samuel Xavier cruzou na cabeça do atacante Cléber que mandou para o fundo das redes e colocou o time cearense na frente. O segundo gol foi um baque enorme para o Bahia que não conseguiu mais jogar, enquanto o Vozão cresceu em campo e passou a criar mais oportunidades. Aos 31, o time cearense chegou ao terceiro gol, com Mateus Gonçalves, validado pelo árbitro de vídeo (VAR). A vitória por 3 a 1 coloca o Ceará em excelente condições para conquistar o bicampeonato da Copa do Nordeste. Foi o quinto triunfo consecutivo do Vovô, enquanto o Esquadrão perde o segundo jogo nessa competição. A defesa, que havia sofrido 6 gols na competição, tomou 3 em um jogo só.

O Esporte Clube Bahia volta a campo neste domingo (02) para enfrentar o Jacuipense, às 16h, no Estádio de Pituaçu, pela partida de volta da semifinal do Campeonato Baiano, porém, utilizando um time alternativo. Nos primeiros 90 minutos, o Esquadrão venceu por 2 a 0, na última quinta-feira, no Estádio Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe. Com isso, pode perder até por um gol de diferença que ainda assim garante vaga na final para encarar Atlético de Alagoinhas ou Juazeirense. Na ida, o Carcará aplicou 4 a 1 no Estádio Adauto Moraes e encaminhou a classificação.

Além de Estadual e Regional, o Bahia tem mais duas competições para disputar no ano. A Copa Sul-Americana, na qual o Esquadrão se encontra na segunda fase, após eliminar o Nacional-PAR vencendo os dois jogos (3 x 0 e 3 x 1), e o Campeonato Brasileiro, que começa para o tricolor no próximo domingo (09), às 11h, contra o Botafogo, no Nilton Santos, no Rio de Janeiro. O Ceará, por sua vez, ainda tem as finais do Campeonato Cearense, contra o Fortaleza, além da Copa do Brasil, onde encara o Vitória pela partida de volta da terceira fase (na ida, o Vozão deu 1 a 0 no Castelão, e a volta ainda não tem data definida). Na Série A, o Vovô estreia no sábado (08), às 21h, contra o Sport-PE, na Ilha do Retiro.

Confira os gols de Ceará 3 x 1 Bahia pela final da Copa do Nordeste

FICHA TÉCNICA
Ceará x Bahia
Copa do Nordeste – Final (1º jogo)
Local: Pituaçu, em Salvador
Data: 01/08/2020 (sábado)
Horário: 16h
Árbitro: Wagner Reway (PB)
Auxiliares: Oberto da Silva Santos e Kildenn Tadeu Morais de Lucena (ambos da PB)
VAR: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE), com auxílio de Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (PE) e Clovis Amaral da Silva (PE)

Ceará: Fernando Prass; Samuel Xavier, Luiz Otávio (C), Klaus e Bruno Pacheco; Charles, Fabinho, Vinícius e Fernando Sobral; Cléber e Leandro Carvalho. Técnico: Guto Ferreira.

Bahia: Anderson; João Pedro, Lucas Fonseca, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore, Flávio e Rodriguinho; Clayson, Élber e Fernandão. Técnico: Roger Machado.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*