Após 9 anos, interior tenta levantar a taça do Campeonato Baiano

Bahia de Feira foi o último time do interior campeão baiano

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Neste sábado, às 16h30, no Estádio de Pituaçu, Bahia e Atlético de Alagoinhas decidem quem será o campeonato baiano de 2020. No primeiro jogo da final, na última quarta-feira, o aguerrido time de Agnaldo Liz mesmo atuando com um jogador a menos por conta da expulsão do volante Makelele aos 35 minutos do primeiro tempo, arrancou um empate em 0 a 0. Agora, quem vencer conquista o título, e um novo empate (por qualquer placar), o campeão será conhecido nos pênaltis. Essa é a 4ª vez nos últimos 10 anos que um time do interior chega à final do Campeonato Baiano e tenta conquistar a taça após 9 anos. O último campeão foi o Bahia de Feira, em 2011, comandado pelo treinador Arnaldo Lira, que iniciou a temporada no Carcará, mas acabou saindo. O Tremendão foi vice-campeão em 2019, perdendo para o Bahia. O Vitória da Conquista, em 2015, também ficou com o segundo lugar.

 

Em 2011, o Bahia de Feira terminou a primeira fase como líder do Grupo A, com 23 pontos, segundo melhor desempenho no geral (atrás apenas do Vitória, líder do Grupo B com 26 pontos). Na segunda fase, os oitos times classificados foram divididos em dois grupos. O Tremendão novamente liderou sua chave, com 12 pontos, ficando à frente do Bahia, com 10. No outro grupo, se classificaram Vitória e Serrano. Na semifinal, o Bahia de Feira eliminou o Serrano, vencendo o primeiro jogo por 2 a 1 no Lomanto Júnior e empatando o segundo por 1 a 1 no Joia da Princesa. No BA-VI, o Vitória levou a melhor vencendo por 1 a 0 o jogo de ida em Pituaçu e perdendo por 3 a 2 no Barradão, porém, se classificando pela vantagem do melhor desempenho.

No primeiro jogo da final, Bahia de Feira e Vitória ficaram no empate em 2 a 2 no Estádio Joia da Princesa. Diones e Carlinhos marcaram para o time feirense, enquanto Elkeson e Reniê anotaram para a equipe da capital. Na segunda partida, no Estádio Manoel Barradas, o Leão saiu na frente com gol de Geovanni, mas viu o Tremendão reagir, e empatar com Allyson e virar com o artilheiro João Neto.

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*