Após 10 casos de covid-19, Goiás pede e jogo contra o São Paulo é adiado

CBF adiou o jogo que estava marcado para às 16h deste domingo

Foto: Karla Izumi

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) acatou o pedido do Goiás e a CBF adiou o jogo contra o São Paulo que estava marcado para às 16h deste domingo pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Na manhã deste domingo, o laboratório responsável pela realização dos testes de Covid-19 no elenco do Goiás divulgou os resultados dos exames, que apontaram 10 jogadores infectados no clube goiano. O São Paulo chegou a entrar em campo, porém, foi informado pela equipe de arbitragem que não haveria partida. Os novos jogadores convocados às pressas pelo Goiás não passaram pelos testes de Covid-19.

 

Em nota, o hospital Albert Einstein, parceiro da CBF na realização dos testes, confirmou que houve falha técnica na coleta das amostras de Goiás e Vila Nova, que estreou pela Série C no último sábado – um caso de Covid-19 no elenco do Vila foi revelado somente após a viagem da delegação para Manaus. Assim que soube do resultado dos testes, a diretoria do Goiás correu contra o tempo para realizar novos testes em todos os jogadores. Ao todo, 23 se concentraram para a partida e, dos 10 contaminados, oito seriam titulares neste domingo.

Confira a nota do hospital Albert Einstein:

“O Hospital Israelita Albert Einstein identificou uma falha técnica na coleta das amostras, feita em um laboratório parceiro em Goiás, para realização de teste RT-PCR em atletas e equipes dos clubes Vila Nova e Goiás. Solicitou, portanto, novas amostras antes do processamento dos exames. Elas foram refeitas e encaminhadas para análise no laboratório do hospital em São Paulo, sem nenhum prejuízo aos prazos estabelecidos para apresentação dos resultados.”

Deixe seu comentário

1 Trackback / Pingback

  1. Na estreia de Domènec Torrent, Flamengo perde para o Atlético-MG

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*