Ex-Bahia brilha, Fluminense desbanca o Flamengo e conquista a Taça Rio

Goleiro Murial pegou dois pênaltis e garantiu o título do tricolor carioca

Foto: André Durão

“Clássico é clássico. E vice-versa”. O ditado serve perfeitamente para a decisão desta quarta-feira, pela final da Taça Rio. De um lado, o badalado Flamengo de Jorge Jesus, com três triunfos em sequência pós-paralisação. Venceu Bangu (3×0) e Boavista (2×0) pela primeira fase e despachou o Volta Redonda (2×0) na semifinal. Sete gols marcados e nenhum sofrido. Do outro, o ‘pressionado’ Fluminense de Odair Hellmann que, até então, não havia vencido após retorno. Perdeu para Volta Redonda (3×0) e empatou com o Macaé (0x0) nas duas últimas rodadas da primeira fase, e avançou à final após empatar me 0 a 0 com o Botafogo, amparado pelo regulamento que dava a vantagem do empate por ter liderado sua chave na fase de grupos.

 

Não somente pelo momento, mas também pela enorme diferença na qualidade dos dois times, o Flamengo era grande favorito para vencer, porém, um amigo, torcedor do tricolor carioca, ainda que sem muito otimismo, soltou a frase: “Clássico é clássico e tudo pode acontecer”. Aconteceu. O Fluminense venceu o Flamengo nos pênaltis por 3 a 2 após empate em 1 a 1 no tempo normal, conquistou a Taça Rio e forçou mais uma decisão, agora pelo título do Campeonato Carioca. Destaque para o goleiro Muriel, com passagem pelo Esporte Clube Bahia em 2016, que fez defesas providenciais durante a partida e ainda pegou duas cobranças de pênaltis, garantindo o título do Flu.

O tricolor carioca saiu na frente com Gilberto aos 37 minutos do primeiro tempo, de cabeça, aproveitando desvio de Marcos Paulo após levantamento de Egídio. Pedro, que saiu do banco, marcou contra o seu ex-clube, deixando tudo igual aos 31 minutos do segundo tempo e levando a decisão para os pênaltis.

A conquista impediu que o time de Jorge Jesus levantasse o troféu da Taça Rio e também o Carioca antecipadamente por ter conquistado o a Taça Guanabara e ter tudo o melhor desempenho na classificação geral. Fluminense e Flamengo voltam a se enfrentar, agora para decidir o título do Campeonato Carioca. A decisão será em dois jogos e as datas ainda serão definidas.

A transmissão do Fla-Flu decisivo da Taça Rio nesta quarta-feira estabeleceu um novo recorde de acessos simultâneos em uma transmissão esportiva no YouTube no Brasil. Aos 13 minutos do primeiro tempo, mais de 2,3 milhões de pessoas acompanhavam o jogo no canal do Tricolor na plataforma (FluTV). Ao longo da etapa inicial, os números não pararam de subir e chegaram a alcançar um pico de 2,7 milhões de acessos simultâneos à transmissão da FluTV. Ao final do tempo regulamentar, quase 3 milhões de pessoas acompanham o jogo.

 

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*