“Está na hora do VAR na Copa do Nordeste”, cobra presidente do Bahia

"três lances mudariam o resultado do jogo", disse o presidente tricolor

Na noite deste sábado (25), o Esporte Clube Bahia garantiu vaga na semifinal da Copa do Nordeste ao vencer o Botafogo-PB por 3 a 1 no Estádio Metropolitano de Pituaçu. A partida ficou marcada pelos erros de arbitragem. Um gol mal anulado do time paraibano, um gol validado do atacante Fernandão que estava em posição irregular, além de um pênalti não marcado para o time baiano em cima do atacante Élber. Após o jogo, o presidente Guilherme Bellintani reforçou a fala do técnico Roger Machado que questionou a ausência do VAR em uma competição da CBF. Por meio do Twitter, o mandatário cobrou a utilização da tecnologia no Nordestão. Ele citou os erros, mas frisou que o Esquadrão se classificou merecidamente.

 

“Bahia se classificou merecidamente. Mas três lances mudariam o resultado do jogo. Gol legal anulado do Botafogo/PB, gol irregular do Bahia e pênalti não marcado em Elber. Bahia sempre lutou pelo VAR no Brasileirão. Está na hora do VAR na Copa do Nordeste. É um avanço necessário”, disse.

Com a classificação, o Bahia vai enfrentar na semifinal o Confiança, que também empatou no tempo normal por 0 a 0, mas eliminou o Santa Cruz nos pênaltis vencendo por 4 a 2. No outro jogo do dia, o Ceará manteve a hegemonia diante do Esporte Clube Vitória e pela quarta vez eliminou o time rubro-negro em um jogo decisivo de Nordestão vencendo por 1 a 0 no Estádio de Pituaçu, com gol do meia Vinícius. No mesmo horário, o Fortaleza empatou com o Sport-PE por 0 a 0 no tempo normal, mas venceu na disputa por pênaltis por 4 a 1 e se classificou para enfrentar o arquirrival Ceará na semifinal, confronto que acontece na próxima terça-feira (28).

 

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*