Beto Oliveira se apresenta ao Fluminense de Feira nesta segunda

Beto Oliveira conquistou seis títulos do Intermunicipal nos últimos anos

Hexacampeão do Campeonato Intermunicipal, sendo três títulos consecutivos (2017, 2018 e 2019), sendo esse seu último trabalho, o técnico Beto Oliveira foi contratado pelo Fluminense de Feira para comandar a equipe na reta final do Campeonato Baiano, que retorna no dia 22 de julho, restando ainda duas rodadas para o término da primeira fase, além das semifinais e final. O treinador tinha assinado um contrato com o Colo Colo para a disputa da Série B do Baiano, porém, a competição foi adiada devido a pandemia do coronavírus. Em 2018, Beto dirigiu o time profissional do Vitória da Conquista. Ele se apresenta ao Touro nesta segunda-feira e inicia os trabalhos, com o desafio de tentar classificar o time para a fase semifinal.

 

Em entrevista ao Jornal Folha do Estado, o treinador falou sobre a oportunidade de comandar o Flu de Feira.  É uma honra porque o Fluminense tem muita história no futebol da Bahia e do Brasil. Temos um grande desafio pela frente por serem dois jogos incialmente contra times que estão na parte de cima da tabela, mas podemos reverter o quadro já que o campeonato está muito embolado e um triunfo pode mudar tudo. O foco agora é buscar preparar o time da melhor forma possível para dar a volta por cima e classificar”, disse.

Após pendurar as chuteiras como jogador, Beto Oliveira iniciou a carreira de treinador em 1993, como treinador nas divisões de base do Itabuna e permaneceu até 1997. A primeira oportunidade em time profissional foi em 2000, quando assumiu o Grapiúna na 2ª divisão do Campeonato Baiano. Dois anos mais tarde aconteceu seu grande feito como técnico profissional: no comando do Itabuna Esporte Clube, em 2002, na Segunda Divisão do Baiano. A equipe conseguiu o acesso invicta depois de 10 anos sem disputar nenhuma competição. No Campeonato Intermunicipal, o técnico conquistou seis títulos nos últimos anos, ficando conhecido como “Rei”, sendo que dos seis títulos conquistados, três são consecutivos. 2017 foi campeão treinando Eunápolis, enquanto que em 2018 e 2019, ele conquistou dois títulos treinando a seleção de Itamaraju.

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*