Paulo Carneiro justifica saída do técnico Geninho e tranquiliza torcida

"em conta uma série de aspectos, resolvemos mudar", disse

Foto: Reprodução

Nesta sexta-feira (19), o Esporte Clube Vitória surpreendeu ao anunciar a saída do técnico Geninho, que chegou ao clube em setembro de 2019 e conseguiu evitar que o Leão fosse rebaixado para Série C do Campeonato Brasileiro, além disso, deu liga ao time que vinha com bom aproveitamento na atual temporada, praticamente classificado às quartas de final da Copa do Nordeste e na terceira fase da Copa do Brasil. No entanto, por conta dos problemas financeiros, agravados pela pandemia do coronavírus, o clube rubro-negro acabou decidindo pelo desligamento do experiente treinador. Através da “TV Vitória”, no YouTube, o presidente Paulo Carneiro explicou a saída do amigo Geninho, alegando que foi levado em consideração uma série de aspectos.

 

“Queria dar um abraço nele, bem forte. Ele trabalhou comigo em diversas oportunidades. Agora, nesse início de transição para retorno das atividades, levando em conta uma série de aspectos, resolvemos mudar”, disse.

O mandatário do Leão também tentou tranquilizar os torcedores com a mudança inesperada. “Quero tranquilizar os rubro-negros, pois o que fizemos desde que entramos foi dotar o departamento de futebol do Vitória de estrutura. Quando chegamos no Vitória, praticamente não tinha comissão técnica. Não tinha fisiologista, não tinha preparador físico, o treinador de goleiros estava saindo e tinha um assistente antigo do clube, que é o Flávio (Tanajura). Os analistas de desempenho estavam todos desestruturados, sem saber o que fazer. Organizamos o departamento para que, se um dia precisássemos trocar de treinador, não sentíssemos. É o que está acontecendo”.

O substituto de Geninho será o auxiliar Bruno Pivetti, que foi efetivado como técnico. Paulo Carneiro rasgou elogios ao novo treinador do Vitória. “Tiramos nosso treinador, nosso amigo, mas o Vitória tem uma estrutura, uma metodologia de trabalho. A capacidade é indiscutível. Essa comissão técnica é extremamente capaz para comandar o Vitória daqui por diante. Sobre isso, quero tranquilizar o torcedor. Abraço o meu querido amigo Eugênio (Geninho) e desejo muita sorte a Bruno Pivetti e sua equipe. Ele está no clube há algum tempo e foi responsável pela implantação de toda a metodologia de treinos das categorias de base. Agora, ele vai poder implantar seus métodos (no profissional), pois antes era um assistente disciplinado e acompanhava o treinador. Agora, ele passa a ser a figura mais importante no clube. Tenho certeza que vamos ter muitas alegrias com ele”.

 

Deixe seu comentário

1 Trackback / Pingback

  1. Geninho diz que não esperava ser demitido do Vitória: 'Fui pego de surpresa'

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*