Mesmo com salário atrasado, volante ‘recusa’ Fortaleza e segue no Vasco

Raul também foi alvo de Bahia, São Paulo e Atlético-MG recentemente

Com vínculo encerrando no final deste ano e podendo assinar um pré-contrato com qualquer outro clube, agora no meio do ano, o volante Raul entrou na mira do Fortaleza que fez uma sondagem para contratar o jogador de 23 anos, no entanto, mesmo com salários atrasados, ele recusou a investida do Tricolor do Pici e decidiu permanecer no Vasco da Gama. A confirmação foi do diretor executivo do clube cearense, Sérgio Papelin. O volante negocia uma renovação há dois meses com o cruzmaltino e tem parte dos salários em atraso. Mesmo assim, optou por seguir no Rio de Janeiro.

 

“Alguns clubes buscaram o Raul, é um bom profissional. Mesmo com salário atrasado, quer seguir no Vasco, e a gente respeita a decisão do jogador de cumprir o contrato. Isso mostra o profissionalismo dele também, de honrar o compromisso, mas seria muito bom para o Fortaleza”, explica Sérgio Papelin, diretor executivo do Fortaleza.

Em abril, o jogador foi apontado como alvo de Bahia, São Paulo e Atlético-MG, de acordo com informação do portal Bola Vip, porém, por conta da pandemia do coronavírus, os clubes se “fecharam” para compras de jogadores nesse momento. O presidente Guilherme Bellintani afirmou e reafirmou que seria uma irresponsabilidade da diretoria pensar em contratações em meio à crise do coronavírus. Sem definir sua renovação devido a dívidas do time vascaíno com o atleta, seus representantes não estão descartando uma possível transferência ao término do vínculo.

Natural de Tauá (CE), Raul Lô Gonçalves, de 23 anos, surgiu nas divisões de base do Ceará, onde ficou até meados de 2018. Foram 70 jogos e um gol marcado pelo time cearense antes de acertar sua transferência para o Vasco da Gama após o fim do contrato com o Vozão em maio de 2018. Ao todo, entrou em campo 78 vezes pelo cruz-maltino (12 esse ano) e balançou as redes duas vezes na temporada 2019. Atua tanto como primeiro quanto como segundo volante

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: [email protected]

Deixe seu comentário