Bahia teve queda de R$ 1 milhão em receitas de sócios de março para abril

"todos sabem que não será retomado imediatamente", disse

A paralisação por conta da pandemia do coronavírus segue trazendo prejuízos aos clubes de futebol. E no Esporte Clube Bahia não é diferente. O clube teve uma queda de 36% nos pagamentos das mensalidades de sócios de março para abril. Em março, o Esquadrão recebeu cerca de R$ 2,9 milhões em receitas de sócios. Já em abril, essa receita caiu para R$ 1,9 milhão. O mandatário tricolor explicou a queda e o impacto dessa redução nas receitas provenientes dos associados e espera que em junho fique estagnado ou volte a crescer.

 

“Então, tivemos uma queda de 36% no pagamento de março para abril. De abril para maio, mais uma queda significativa que ainda não sabemos quanto foi. A gente espera que isso em junho fique estagnado ou até volte a crescer”, disse.

“Da mesma forma como isso tudo é uma grande conquista, nesse momento é isso que vai determinar o quanto vamos perder no orçamento de 2020. Isso porque no momento que o futebol é paralisado, e todos sabem que não será retomado imediatamente com público no estádio, o sócio pensa assim: ‘já que não vai ter jogo, deixa eu parar de pagar’. E aí aconteceu de março para abril uma queda de 36% no pagamento do plano de sócios. De abril para maio, uma nova queda que a gente ainda não consegue medir”.

Segundo Bellintani, a queda impacta no orçamento do clube que era previsto de R$ 45 milhões com plano de sócios esse ano deve cair pela metade ou até mais. “No orçamento do clube, que era previsto R$ 45 milhões com plano de sócios esse ano deve cair pela metade ou até mais. A gente deve perder entre R$ 20 milhões a R$ 25 milhões de arrecadação com o plano de sócios. Justamente por isso a gente vem tendo uma série de movimentos para dizer ao sócio sobre o quanto é importante a manutenção dele em dia”.

Deixe seu comentário

1 Trackback / Pingback

  1. Bellintani pede que sócio não abandone o Bahia: 'Se puder, continue pagando'

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*