Venda de atletas: Bahia mira mercado europeu e já tem conversas

Bahia precisará vender jogadores para fazer caixa em meio à crise

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Como todos sabem, o Esporte Clube Bahia passa ainda por um processo de restruturação, desde 2014, quando aconteceu a intervenção que retirou Marcelo Guimarães Filho da presidência e iniciou-se a “democracia tricolor” com a primeira eleição direta. Desde então, o clube vem se organizando e tentando manter as contas em dia, mesmo com todos os problemas. Nesse momento de crise por conta da pandemia do coronavírus, as receitas caíram e o Esquadrão será obrigado a vender alguns jogadores. O presidente Guilherme Bellintani e o diretor de futebol Diego Cerri admitiram a necessidade de fazer caixa para diminuir os impactos financeiros. Para isso, o Tricolor mira o mercado europeu, que pode ser o alvo do clube para possíveis vendas entre os meses de julho e agosto. Segundo o mandatário, já há conversas com equipes de fora do país, mas ainda sem uma proposta na mesa.

 

“Não, confirmo que não há (propostas concretas). Há conversas, mas isso tem sempre. A gente vai comunicar quando tiver alguma coisa bem firme. […] O que vai ajudar muito é a volta dos campeonatos europeus. A gente já tem o campeonato alemão, o suíço também volta na próxima semana, a liga espanhola está marcada para retomada já. A gente tem assim um início de retorno dos campeonatos europeus, o que vai fazer com que a janela entre julho e agosto comece a se movimentar. Naturalmente, a gente sabe que é um movimento difícil para venda. Mas a gente tem ativos, tem jogadores muito interessantes”, disse Bellintani.

“O Bahia fez desde o ano passado até o início desse ano investimentos fortes em atletas. A gente é um dos clubes da Série A que mais têm contratos definitivos com atletas. Então, em um momento como esse, sem muitos jogadores emprestados, é um diferencial de mercado”, completou.

Além de vender alguns jogadores, o Esporte Clube Bahia não vai contratar nesse período, principalmente levando em consideração que alguns atletas do sub-23 serão promovidos ao elenco principal. Segundo Bellintani, seria irresponsabilidade pensar em reforços nesse momento.

Bahia estipula prazo para Basel dizer se compra ou não Eric Ramires

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*