“Não pensamos em cancelar o Baianão”, diz vice-presidente da FBF

Baiano paralisou restando duas rodadas para o término da 1ª fase

Foto: Carlos Santana / Divulgação FBF - Max Haack / Ag. Haack

Mesmo com o calendário apertado e sem previsão de retorno do futebol por conta da pandemia do coronavírus, a Federação Bahiana de Futebol não cogita, por enquanto, cancelar o Campeonato Baiano de 2020. Manfredo Lessa, vice-presidente da entidade, afirmou que a FBF tenta agenda uma reunião com Secretários de Saúde do Estado e dos municípios que sediam jogos, mas ainda sem sucesso. Vale lembrar que o Governo da Bahia ainda não liberou a retomada dos treinamentos presenciais dos clubes baianos. A Bahia registra 8.443 casos confirmados da Covid-19, com 295 mortes, segundo último boletim da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).

 

“Não pensamos em cancelar, ao menos por enquanto. Estamos tentando uma reunião com os Secretários de Saúde do Estado e dos municípios que sediam jogos, mas ainda sem sucesso”, disse ao site Bahia Notícias.

O Campeonato Baiano paralisou no dia 17 de março, restando duas rodadas para o término da primeira fase. Oito times disputam quatro vagas para a semifinal do Campeonato Baiano, sendo que o Bahia lidera com 15 pontos, seguido por Jacuipense, Bahia de Feira e Vitória, formando o G-4. Atlético de Alagoinhas, Juazeirense, Fluminense de Feira e Vitória da Conquista tentam beliscar uma vaga. Doce Mel e Jacobina disputam para ver quem se salva do rebaixamento. Vale lembrar que o futebol já está suspenso há quase dois meses e com o calendário curto, o Baianão – assim como outros estaduais – está ameaçado de não ser retomado, ainda que a FBF garanta que será concluído.

Deixe seu comentário