Se o Baianão retornar, Magno Alves vai concluir acordo com o Atlético-BA

Magno Alves assinou contrato com o Carcará até final de abril

Principal contratação do Atlético-BA para a temporada 2020, o experiente atacante Magno Alves encerrou seu contrato com o clube de Alagoinhas no último mês de abril, quando terminaria o Campeonato Baiano. No entanto, o Estadual foi paralisado em março devido à pandemia do coronavírus e a conclusão da competição ainda é incerta por conta do calendário apertado do futebol brasileiro. Caso o Baianão seja retomado, o veterano de 44 anos vai seguir vestindo a camisa do Carcará. Segundo o presidente do clube, Magnata se comprometeu a concluir o acordo. O atacante disputou cinco jogos pelo Atlético e marcou um gol.

 

“Ele se comprometeu com o Atlético de Alagoinhas, caso retorne o Baiano, ele vem concluir o acordo que fez com a gente”, declarou em entrevista ao Bahia Notícias.

Magnata acumula passagens por vários clubes do exterior, como Jeonbuk Motors (Coreia), Oita Trinita (Japão), Gamba Osaka (Japão), Al Ittihad FC (Arábia Saudita), Umm-Salal (Catar). No Brasil, defendeu Criciúma, Atlético-MG, Sport-PE, entre outros, mas se consagrou mesmo com as camisas de Fluminense e Ceará. Em 2018, atuou por três clubes: Grêmio Novorizontino, Atlético Tubarão e Floresta-CE. Esse ano, também defendeu o Floresta-CE.

O Campeonato Baiano paralisou no dia 17 de março, restando duas rodadas para o término da primeira fase. Oito times disputam quatro vagas para a semifinal do Campeonato Baiano, sendo que o Bahia lidera com 15 pontos, seguido por Jacuipense, Bahia de Feira e Vitória, formando o G-4. Atlético de Alagoinhas, Juazeirense, Fluminense de Feira e Vitória da Conquista tentam beliscar uma vaga. Doce Mel e Jacobina disputam para ver quem se salva do rebaixamento. Vale lembrar que o futebol já está suspenso há mais de dois meses e com o calendário curto, o Baianão (assim como outros estaduais) está ameaçado de não ser retomado, ainda que a FBF garanta que será concluído.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*